Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8653
Title: Distribuição de metais pesados em frações granulométricas distintas de sedimentos da Lagoa de Extremoz - RN
Authors: Silva, Vinícius Nogueira
Keywords: Geologia;Sedimento lacustre;Água régia;Extração sequencial BCR;Ecotoxicologia
Issue Date: 12-Apr-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Vinícius Nogueira da. Distribuição de metais pesados em frações granulométricas distintas de sedimentos da Lagoa de Extremoz - RN. 2019. 106 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geologia) - Departamento de Geologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A distribuição de metais pesados no sedimento é importante para a avaliar o bem estar de ambientes aquáticos. Este trabalho discute a distribuição dos metais Cd, Cr, Cu, Ni, Pb e Zn por fração granulométrica e a composição de quatro amostras de sedimento da Lagoa de Extremoz. A coleta das amostras se deu nos meses de março, abril, agosto e setembro de 2014. As frações granulométricas estudadas foram: cascalho (+2mm), areia muito grossa a grossa (-2mm +0,6mm), areia média (-0,6mm +0,3mm), areia fina a muito fina (-0,3mm +0,063) e silte + argila (-0,063). O estudo da composição envolveu observações com lupa binocular; análises de DRX em alíquotas de minerais leves, pesados não magnéticos e pesados magnéticos da fração arenosa de algumas amostras e; análises do teor de matéria orgânica em cada fração. A distribuição de metais por fração granulométrica corresponde à porcentagem de metal associada a uma dada fração, levando em conta a concentração de metal nesta fração e sua respectiva massa em relação às concentrações e massas relativas de todas as frações somadas. Assim, o estudo da distribuição considerou os teores de metais obtidos por extração com água régia em cada fração granulométrica, bem como a própria distribuição granulométrica das amostras. Extrações sequenciais em alíquotas da fração silte + argila de duas amostras também foram realizadas para compreender a distribuição dos metais por fase química. As amostras utilizadas nesse estudo têm resultados prévios de testes ecotoxicológicos com o organismo Hyalella azteca, nos quais as amostras de março e abril foram classificadas como tóxicas e as de agosto e setembro como não tóxicas. As distribuições de Cr, Cu e Ni na fração fina foram negativamente correlacionadas com a sobrevivência de H. azteca nos testes ecotoxicológicos. Esses metais ocorrem associados à matéria orgânica nas amostras tóxicas e a hidróxidos de Fe nas amostras não tóxicas. Dessa forma, os hidróxidos de Fe têm capacidade de imobilizar metais quando presentes, sendo que, em sua ausência, metais pesados tendem a se associar à matéria orgânica. Nas amostras da Lagoa de Extremoz, a distribuição granulométrica controla a distribuição de metais e sua disponibilidade por determinar a distribuição das fases com maior capacidade de acumular metais: matéria orgânica e hidróxidos de Fe.
Abstract: The distribution of heavy metals in the sediment is important to evaluate the welfare of aquatic environments. This study discusses the distribution of Cd, Cr, Cu, Ni, Pb and Zn by grain size fraction and the composition of four sediment samples from Extremoz Lake. The sediment sample collection took place in March, April, August and September of 2014. The granulometric fractions studied were gravel (+2mm), very coarse to coarse sand (-2mm +0.6mm), medium sand (-0.6mm +0.3mm), fine to very fine sand (-0.3mm +0.063mm) and silt + clay (-0.063mm). The study of sample composition included observations with a stereo microscope; XRD analyzes on aliquots of light minerals, non-magnetic heavy minerals and magnetic heavy minerals of the sandy fraction of some samples and; measurement of the organic matter content in each fraction. The distribution of a metal by grain size fraction corresponds to the percentage of metal associated with a given fraction, taking into account the metal concentration in this fraction and its respective mass in relation to the concentrations and relative masses of all the fractions added together. Therefore, the study of the distribution considered the contents of metals obtained by extraction with aqua regia in each granulometric fraction, as well as the granulometric distribution of samples. Sequential extractions in aliquots of the silt + clay fraction of two samples were also performed in order to understand the metal distribution by chemical phase. The samples used in this study have previous results of ecotoxicological tests with the organism Hyalella azteca, in which the samples of March and April were classified as toxic and those of August and September as non-toxic. The distributions of Cr, Cu and Ni showed a negative correlation with the survival of H. azteca in the ecotoxicological tests. These metals occur associated with organic matter in the toxic samples and with Fe hydroxides in the non-toxic samples. Thus, the Fe hydroxides have the ability to immobilize metals when present, but in their absence, heavy metals tend to associate with organic matter. In the samples from Extremoz Lake, the granulometric distribution controls the distribution of metals and their availability by determining the distribution of the phases with higher capacity to accumulate metals: organic matter and Fe hydroxides.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8653
Other Identifiers: 2014020054
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DistruibuicaoMetaisPesados_Silva_2019.pdf9.36 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons