Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8652
Title: Caracterização do consumo de suplementos nutricionais por praticantes de atividade física no Brasil: uso indiscriminado ou adequadamente orientado?
Authors: Pacchioni, Ralfo Goes
Keywords: Atividade Física;Nutrição;Nutrição Esportiva;Suplementação Nutricional;Suplementos Nutricionais
Issue Date: 26-Apr-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PACCHIONI, Ralfo Goes. Caracterização do consumo de suplementos nutricionais por praticantes de atividade física no Brasil – uso indiscriminado ou adequadamente orientado? 2019. 36f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Departamento de Educação Física, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, 2019.
Portuguese Abstract: Atualmente sabe-se que a prática regular de atividade física promove inúmeros efeitos benéficos sobre o metabolismo. Se essa prática for associada a uma dieta balanceada, caracterizada por uma ingestão equilibrada de todos os nutrientes, a capacidade de rendimento do organismo é ainda maior e esses benefícios mais relevantes. Entretanto, embora esses proveitos existam, os interesses por parte dos praticantes de atividade física não se resumem apenas à busca de melhor qualidade de vida e/ou recuperação/manutenção da saúde. Propósitos decorrentes da pressão atual exercida pela sociedade moderna e pela mídia, baseada em um corpo idealizado padrão, abastecem um crescente mercado de Suplementação Nutricional e o que deveria ser suplementação torna-se ‘alimentação’. Diante desse contexto, o presente estudo averiguou, através de uma revisão da literatura, o padrão de consumo de Suplementos Nutricionais (SN) por praticantes de atividade física no Brasil, avaliando, principalmente, se há devida orientação/prescrição por profissional habilitado. O resultado mostrou que o padrão de consumo de SN disseminado por todo o país caracteriza-se principalmente por consumidores jovens adultos, praticantes de atividade física não profissional/competitiva, ambicionados pelo vigente corpo taxado de esteticamente ideal e que recorrem a fontes não seguras e/ou não legitimamente habilitadas para efetivar o uso. Dessa forma, concluiu-se que o consumo de SN pela maioria dos praticantes de atividade física no Brasil é realizado de forma indiscriminada e indevida, sem prévia avaliação nutricional sistematizada, e que o campo de nutrição esportiva é área pobre em programas de conscientização direcionados tanto aos consumidores como aos profissionais da área de nutrição e educação física.
Abstract: Regular practice of physical activity promotes numerous beneficial effects on metabolism. When associated with a balanced diet, characterized by a balanced intake of all nutrients, the body's performance is even greater and these benefits more relevant. However, although these benefits exist, the interests of physical activity practitioners are not limited to the pursuit of better quality of life and/or recovery/maintenance of health. Purposes influenced by the current pressure exerted by modern society and the media, based on a standard idealized body, support a growing market of Nutritional Supplementation and what should be supplementation becomes 'nourishment'. In this context, the present review investigated the pattern of consumption of Nutritional Supplements (NS) by physical activity practitioners in Brazil, mainly evaluating whether there is proper orientation/prescription by a qualified professional. The result showed that the pattern of SN consumption spread throughout the country is mainly characterized by young adult consumers, practitioners of non-professional/competitive physical activity, who are ambitious by the current considered aesthetically optimal body and who resort to unsafe sources and/or not legitimately enabled to justify consumption. Thus, it was concluded that SN consumption by the majority of physical activity practitioners in Brazil is indiscriminate and undue, without prior systematic nutritional assessment, and that sports nutrition is a poor area in awareness programs aimed at both consumers and nutrition/physical education professionals.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8652
Other Identifiers: 2016085020
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CaracterizaçãodoConsumodeSuplementosNutricionais _Pacchioni_2019Monografia339,22 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons