Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8612
Title: Avaliação da precipitação e dos padrões físicos e morfológicos das Linhas de Instabilidade e a relação com o Gradiente Inter-Hemisférico do Atlântico Tropical
Other Titles: Evaluation of precipitation and physical and morphological patterns of Squall Lines and the relation with the Inter-Hemispheric Gradient of the Tropical Atlantic
Authors: Queiroz, Amanda Carolina da Silva
Keywords: ISCCP-Tracking.;Sensoriamento remoto.;Sistemas convectivos.;Temperatura da Superfície do Mar.;TRMM.
Issue Date: 13-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: QUEIROZ, Amanda Carolina da Silva. Avaliação da precipitação e dos padrões físicos e morfológicos das Linhas de Instabilidade e a relação com o Gradiente Inter-Hemisférico do Atlântico Tropical. 2018. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Meteorologia) - Departamento de Ciências Atmosféricas e Climáticas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A precipitação pluvial é uma variável que requer muitos estudos acerca dela. Na América do Sul, a região Amazônica destaca-se por grandes acumulados de precipitação em alguns períodos do ano, com alguns sistemas meteorológicos como as Linhas de Instabilidade (LI), atuando como moduladores destes acumulados de precipitação. Ademais, a precipitação pode ser influenciada pela Temperatura da Superfície do Mar dos oceanos tropicais. A exemplo, tem-se o oceano Atlântico tropical, sendo este representado pelo Gradiente Inter-Hemisférico de Anomalias da Temperatura da Superfície do Mar do Atlântico Tropical (GRADATL). Este estudo abordou aspectos das Linhas de Instabilidade e da variabilidade da precipitação associada e a possível relação da ocorrência e da intensidade das LIs com o GRADATL. Analisamos 3 anos com a atuação do GRADTATL em fase positiva e 3 anos em fase de GRADATL negativo sobre o Nordeste da Amazônia e Norte do Nordeste do Brasil. Utilizou-se dados de satélites geoestacionários e dados do satélite TRMM para cumprir com os objetivos. As LIs foram identificadas a partir da excentricidade e da inclinação dos sistemas, sendo denominadas como Sistemas Lineares (SL). Os SL são aqueles com excentricidade menor ou igual a 0.2 e inclinação menor que zero. Conclui-se que a quantidade de SL foi menor nos anos de fase negativa do GRADATL. Com relação aos aspectos físicos e morfológicos, não há diferença entre os anos de GRADATL positivo e negativo. As precipitações média e máxima não apresentaram diferenças significativas para os dois cenários: GRADATL positivo e GRADATL negativo. Ao avaliar a distribuição da precipitação da relação entre a precipitação causada pelos SL e a precipitação causada por todos os sistemas, no ano de 2004 (GRADATL positivo), os SL se manifestaram bem, provocando elevados índices pluviais. Por fim, há um indicativo de que o GRADATL não influencia de maneira significativa nas características físicas e morfológicas.
Abstract: Rainfall is a variable that requires a lot of studies about it. In South America, the Amazon region stands out due to large accumulations of precipitation in some periods of the year, with some meteorological systems such as the Squall Lines (LI), acting as modulators of these precipitation accumulations. Moreover, precipitation can be influenced by the Sea Surface Temperature of the tropical oceans. For example, there is the tropical Atlantic Ocean, which is represented by the dipole mode, or Inter-Hemispheric Gradient of Temperature Anomalies of the Tropical Atlantic Sea Surface (GRADATL). In view of this, this present work studied aspects of the Squall Lines and the rainfall variability associated with them and the possible relation of the occurrence and the intensity of the LIs with GRADATL. Analyzed 3 years with the performance of GRADATL in a positive phase and 3 years in GRADATL phase negative on the Northeast of the Amazon and North of the Northeast of Brazil. Geostationary satellite data and TRMM satellite data were used to achieve the objectives. The LIs were identified from the eccentricity and slope of the systems, being denominated as Linear Systems (SL). SL are those with eccentricity value less than or equal to 0.2 and slope less than zero. The conclusion is that the amount of SL was lower in the GRADATL negative phase years. Regarding the physical and morphological aspects, there is no difference between the years of positive and negative GRADATL. When assessing the precipitation distribution of the relationship between precipitation caused by SL and precipitation caused by all systems, in 2004 (GRADATL positive) SLs manifested well, causing high rainfall indexes. Finally, there is an indication that GRADATL does not significantly influence the physical and morphological characteristics.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8612
Other Identifiers: 2015098679
Appears in Collections:Meteorologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliaçãodaprecipitação_Queiroz_2018.pdfAvaliaçãodaprecipitação_Queiroz_20181.92 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons