Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8538
Title: Avaliação do padrão de sono e vigília, sonolência diurna e qualidade do sono de estudantes universitários de uma cidade do interior: variações entre os sexos
Authors: Costa, Débora Lopes Bezerra Arcanjo
Keywords: Sono;Sexo;Sonolência;Universitários;Estudantes
Issue Date: 5-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Débora Lopes Bezerra Arcanjo. Avaliação do padrão de sono e vigília, sonolência diurna e qualidade do sono de estudantes universitários de uma cidade do interior: variações entre os sexos. 2018. Artigo científico (Graduação em enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, 2018.
Portuguese Abstract: Estudos realizados em grandes capitais observam que pessoas do sexo masculino e feminino vivenciam diferentes experiências e hábitos de vida. Neste contexto, o objetivo desse estudo foi avaliar os hábitos de sono de estudantes universitários do interior do RN de acordo com o sexo. Trata-se de um estudo analítico de abordagem quantitativa. Foram utilizados 4 instrumentos para coleta de dados: Escala de Sonolência de Epworth; Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh; Questionário de Cronotipo de Munique e A saúde e o sono. Participaram 64 estudantes dos cursos de graduação da UFRN/FACISA. A duração do sono em ambos os sexos nos dias de semana foi de 6,2 ±1,2h, enquanto no fim de semana as mulheres apresentaram uma duração média de 1h a mais que os homens. Não houve diferença nos horários de dormir e acordar durante a semana, na sonolência diurna e má qualidade de sono de acordo com o sexo. Entretanto, ambos apresentaram níveis elevados de sonolência diurna e má qualidade de sono. Pode se concluir com esse estudo que os estudantes apresentam problemas de sono, não variando com o sexo e o contexto social do interior. Portanto, outros fatores podem estar exercendo uma maior influência sobre o sono destes estudantes.
Abstract: Studies conducted in capitals cities show that male and female people experience different experiences and habits of life. In this context, the objective of this study was to evaluate the sleep habits of university students from the interior of the newborn according to sex. This is an analytical study with a quantitative approach. Four instruments were used for data collection: Epworth Sleepiness Scale; Pittsburgh Sleep Quality Index; Munich Chronotype Questionnaire and Health and Sleep. 64 undergraduate students from UFRN / FACISA participated. Sleep duration in both sexes on weekdays was 6.2 ± 1.2h, while at the weekend the women had an average duration of 1h more than men. There was no difference in sleeping and waking hours during the week, in daytime sleepiness and poor sleep quality according to sex. However, both presented high levels of daytime sleepiness and poor sleep quality. It can be concluded from this study that the students present sleep problems, not varying with the sex and the social context of the interior. Therefore, other factors may be exerting a greater influence on the sleep of these students.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8538
Other Identifiers: 2014086898
Appears in Collections:FACISA - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
avaliacaodopadrao_costa_2018.pdf
Restricted Access Until 2021-01-25
Pretendo submeter a revista.
avaliacaodopadrao_costa_2018463.35 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons