Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8478
Title: Geologia e controle estrutural do enxame de diques Rio Ceará-Mirim na porção Leste do Rio Grande do Norte
Authors: Vasconcelos, Thiago Queiroz de Freitas
Keywords: Magmatismo Cretáceo;Enxame de Diques Rio Ceará-Mirim;Controle Estrutural;Nordeste do Brasil
Issue Date: Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: VASCONCELOS, Thiago Queiroz de Freitas. Geologia e controle estrutural do enxame de diques Rio Ceará-Mirim na porção Leste do Rio Grande do Norte. 2018. 43 f. Trabalho de Conclusão do Curso (Graduação em Geologia) - Centro de Ciência Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O Enxame de Diques Rio Ceará-Mirim (EDCM) é representado por corpos tabulares de basaltos/diabásios orientados na direção E-W, aflorantes principalmente no Rio Grande do Norte, nordeste do Brasil. O EDCM estende-se até o sul do Ceará com ocorrências progressivamente menos frequentes. A terminação oeste do EDCM orienta-se no trend NE-SW Cariri Potiguar, que controla algumas bacias sedimentares. As rochas deste magmatismo toleítico continental formaram-se a partir do expressivo rifteamento envolvendo o continente sul-americano e africano no Cretáceo Inferior. O presente trabalho objetiva melhor compreensão sobre o controle estrutural vinculado ao alojamento e propagação do EDCM. A metodologia empregada constou de análise de imagens de sensores remotos, visita a afloramentos e descrição microscópica. É possível dividir os diques amostrados em dois grupos de acordo com as características mineralógicas e petrográficas. O é primeiro composto de diabásios e basaltos contendo augita, plagioclásio, matriz cripto/microcristalina, opacos, apatita e zeólita em amígdalas. O segundo grupo tem como assembleia mineral olivina, titanoaugita, plagioclásio, biotita, opacos e apatita. O plano de distensão máxima associado aos diques indica distensão crustal aproximadamente N-S com leve componente transcorrente dextrógira (sigma3 = 005 Az). Há padrões de sobreposição de estruturas que possibilitam a subdivisão de três pulsos magmáticos. No primeiro pulso são encontrados segmentos de diques E-W, posteriormente afetado por dique NE-SW do segundo pulso. Finalmente, o terceiro pulso trunca com direção WNW-ESE as estruturas pretéritas. Esta relação torna crível o alinhamento NW-SE do eixo de distensão nos diques do Rio Salgado (Lajes, RN), concordante a orientação do Rifte Potiguar. Feições morfológicas associadas ao alojamento de diques devido a estiramento crustal são predominantes, entretanto também ocorrem estruturas que denotam a participação do faturamento hidráulico para a propagação dos diques.
Abstract: The Rio Ceará-Mirim Dikes Swarm (EDCM) is composed of E-W oriented tabular bodies of basalts/diabases, mainly exposed in Rio Grande do Norte, Brazil. The EDCM extends to southern Ceará showing progressively less frequent occurrences. The western termination of EDCM follows the NE-SW Cariri-Potiguar trend, which control some sedimentary basins. Expressive rifting systems involving South America and Africa is responsible for generation of the EDCM during Lower Cretaceous. The present paper aims a better comprehension of the structural control related to accommodation and propagation of EDCM. The methodology comprised remote sensors image analysis, visits to outcrops and microscopic description. It is possible to divide the dikes sampled into two groups according to mineralogical and petrographic characteristics. The first comprises diabases and basalts containing augite, plagioclase, crypto / microcrystalline groundmass, opaque, apatite and vesicular zeolite. The second group has olivine, titanoaugite, plagioclase, biotite, opaque and apatite as mineral assemblage. Integrated analysis of maximum distension plane associated to the dikes indicates crustal distension approximately NS with slight transcurrent dextral component (sigma3 = 005 Az). Crosscutting relationships show three magmatic pulses with the E-W dikes as the first one, later affected by NE-SW dike of second pulse. Finally, a third pulse cuts with WNW-ESE direction the previous structures. This relationship is related to NW-SE alignment of distension axis in Rio Salgado River dikes (Lajes/RN), according to Potiguar Rift orientation. Morphological features suggest a predominant crustal stretching for dikes accommodation and propagation. However, some structures denote a participative hydraulic fracturing.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8478
Other Identifiers: 2014043415
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GeologiaControleEstruturalEnxame_Vasconcelos_2018.pdf15.34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons