Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8407
Title: Sorção do corante ácido azul 260 em sistema particulado de quitosana
Authors: Morais Filho, José Rodrigues de
Keywords: Parâmetros termodinâmicos;Thermodynamics Parameters;Quitosana;Ácido Azul 260;Sorção;Acid Blue 260;Chitosan;Sorption
Issue Date: 14-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MORAIS FILHO, José Rodrigues de. Sorção do corante ácido azul 260 em sistema particulado de quitosana. 2018. 47f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Química Bacharelado) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Instituto de Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A sorção do corante ácido azul 260 (AB260) foi estudada em três isotermas diferentes: 25, 35 e 45° C em um sistema particulado de quitosana. O aumento da temperatura desfavoreceu a sorção do AB260. A quantidade máxima de corante removida da solução foi quantificada através da técnica de espectroscopia de absorção Uv-Vis no λ_Máx=608 nm, após a construção de uma curva de calibração do AB260. As isotermas foram avaliadas através dos modelos de Freundlich, Langmuir e Sips. Os resultados mostraram que a adsorção do corante AB260 seguiu os modelos de Langmuir e Sips, pois apresentaram maior correlação. Parâmetros termodinâmicos, ∆H, ∆S e ∆G foram calculados utilizando a constante de Langmuir K_L, em diferentes temperaturas com o auxílio da equação de Van’t Hoff. Após o cálculo dos parâmetros, obteve-se: 〖∆H〗_ads=-59,62 KJ/mol, 〖∆S〗_ads=-94,28 J/molK, 〖∆G〗_(ads25°C)=-31,82 KJ/mol. Os parâmetros termodinâmicos permitiram identificar que a sorção foi de natureza física e espontânea. Espectros de absorção no infravermelho com transformada de Fourier (FTIR) foram realizados para as amostras de quitosana, corante e corante + quitosana. Os resultados de FTIR mostraram que as bandas das amostras de quitosana e corante + quitosana apareceram no mesmo número de onda, evidenciando que não houve formação de ligação química.
Abstract: The sorption of Acid Blue 260 (AB260) was studied in three different isotherms: 25, 35 and 45 ° C in a particulate chitosan system. The sorption of AB260 was disadvantaged by the increase of the temperature. The maximum amount of dye removed from the solution was quantified by the Uv-Vis absorption spectroscopy technique at λ_Max=608 nm, after construction of an AB260 calibration curve. The results showed that the adsorption of the dye AB260 followed the Langmuir and Sips models, because they showed a higher correlation. Thermodynamic parameters, ΔH, ΔS and ΔG were calculated using the Langmuir K_L constant at different temperatures using the Van't Hoff equation. After calculating the parameters, it was obtained: 〖∆H〗_ads=-59.62 KJ/mol, 〖∆S〗_ads=-94.28 J/molK, 〖∆G〗_(ads25°C)=-31.82 KJ/mol. The thermodynamic parameters allowed to identify that the sorption has a physical interaction and spontaneous behavior. Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR) spectra were performed from samples of chitosan, dye and chitosan + dye. The results of the spectra showed that the bands of the chitosan and dye + chitosan samples appeared in the same wavenumber, evidencing that there was no formation of chemical bonding.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8407
Other Identifiers: 2015098810
Appears in Collections:Química (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC-Universidade Federal do Rio Grande do Norte_Final-merged.pdfSorçãoDoCoranteÁcidoAzul260_MoraisFilho_20182,09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons