Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8353
Title: Análise bibliométrica da produção científica sobre plantas alimentícias não convencionais (PANC) nos cursos de pós-graduação do Brasil
Authors: Araújo, Rebecca Macêdo Fernandes de
Keywords: Food Plants;Biodiversity;Bibliometry;Food and Nutrition Security
Issue Date: 20-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Rebecca Macêdo Fernandes de. Análise bibliométrica da produção científica sobre plantas alimentícias não convencionais (PANC) nos cursos de pós-graduação do Brasil. 2018. 42f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: As plantas alimentícias não convencionais (PANC) oferecem a oportunidade de superação de desafios gerados pela globalização dos sistemas alimentares, que resultam de modelos agrícolas e de consumo altamente padronizados em todo o mundo. O Brasil, por exemplo, é um dos países mais ricos em biodiversidade do planeta. Todavia, a escassez de estudos sobre essa diversidade atua como um grande gargalo na determinação da sua importância para a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN). O presente trabalho objetivou diagnosticar a abordagem do tema das PANC pela comunidade científica brasileira, a fim de traçar linhas estratégicas para estudo. Para isso, foi realizada uma revisão bibliométrica, a partir de buscas na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações e no Catálogo de Teses e Dissertações da CAPES, nos últimos 20 anos. As buscas resultaram em 15 trabalhos, de autoria de biólogas e nutricionistas, do sexo feminino (73%), em instituições públicas (93%), nas regiões sul e sudeste (60%), as maiores responsáveis pela produção. Ainda que nos últimos anos tenha ocorrido um aumento nos estudos sobre o tema, a produção científica brasileira ainda se apresenta incipiente e com acentuada desigualdade regional na distribuição dos recursos científicos e tecnológicos para pesquisa. Dada sua importância para SAN, a sistematização do conhecimento sobre PANC deve ter papel de relevo na agenda pública de pesquisa brasileira.
Abstract: Unconventional food plants (UFP) offer the opportunity to overcome the challenges generated by the globalization of food systems, which result from highly standardized agricultural and consumer models worldwide. Brazil, for example, is one of the richest countries in biodiversity on the planet. However, the scarcity of studies on this diversity acts as a major bottleneck in determining its importance for Food and Nutrition Security (FNS). The present work aimed to diagnose the approach of the UFP theme by the Brazilian scientific community, in order to draw strategic lines for study. For this, a bibliometric review was carried out, based on searches in the Biblioteca Digital Brasileira de Teses and in the Catálogo de Teses e Dissertações da CAPES, in the last 20 years. The researches resulted in 15 works by biologists and nutritionists, female (73%), public institutions (93%), southern and southeastern regions (60%), most responsible for production. Although in recent years there has been an increase in studies on the subject, Brazilian scientific production is still incipient and with marked regional inequality in the distribution of scientific and technological resources for research. Given its importance for FNS, the systematization of knowledge about UFP should play a prominent role in the Brazilian public research agenda.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8353
Other Identifiers: 2014051103
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Análisebibliométricaprodução_Araujo_2018Texto Completo751,11 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons