Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8210
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Maria Leonor Paiva da-
dc.contributor.authorSouza, Victor Sávio Belizario de-
dc.date.accessioned2018-12-21T14:00:00Z-
dc.date.available2018-12-21T14:00:00Z-
dc.date.issued2018-12-18-
dc.identifier2014088177pt_BR
dc.identifier.citationSOUZA, Victor Savio Belizario de. Epidemiologia das internações por queimaduras no Rio Grande do Norte. 2018. 21 f. Trabalho de Conclusão Curso (Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8210-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectEpidemiologiapt_BR
dc.subjectQueimaduraspt_BR
dc.titleEpidemiologia das internações por queimaduras no Rio Grande do Nortept_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.contributor.advisor-co1Isabelle Campos de Azevedopt_BR
dc.contributor.referees1Silva, Leonor Paiva da-
dc.contributor.referees2Azevedo, Isabelle Campos de-
dc.description.resumoCaracterizar o perfil epidemiológico das internações por queimaduras no Estado do Rio Grande do Norte. Trata-se de um estudo ecológico, exploratório, descritivo, com abordagem quantitativa, realizado em setembro de 2018, com dados secundários, coletados da base dos dados do Ministério da Saúde do DATASUS do período de Janeiro de 2008 a janeiro de 2018. Foram notificados 1849 casos de internação por queimaduras no Estado do Rio Grande do Norte. Observou-se predominância das internações na região metropolitana que apresentou o maior número de casos (43,9%), o sexo mais atingido foi masculino (62,5%) a maioria das vítimas foram crianças (30,8%), na faixa etária de 1 e 4 anos, quanto às causas foi líquidos quentes a mais frequente (67%). O ônus arcado pela Saúde Pública com acidentes envolvendo queimaduras ainda é bastante elevado, e que deixa sequelas às vezes irreversíveis. Observamos nos dados avaliados que a maioria dos acidentes por queimaduras são de causas evitáveis. Portanto o presente estudo tem importância para fundamentar futuras ações de prevenção desse evento e com isso obter diminuição de custos e sequelas decorrente das queimaduras.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEnfermagempt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.contributor.referees3Silva, Ilisdayne Thallita Soares da-
Appears in Collections:FACISA - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_VICTOR_FINALIZADO.pdf1.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons