Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8164
Title: Caracterização das habilidades auditivas de crianças nascidas prematuras: um estudo longitudinal
Authors: Oliveira, Maria Carolina Barbosa
Keywords: Habilidades auditivas;Avaliação infantil;Prematuridade
Issue Date: 23-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Maria Carolina Barbosa. Caracterização das habilidades auditivas de crianças nascidas prematuras: um estudo longitudinal. 2018. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Fonoaudiologia. Natal, RN, 2018.
Portuguese Abstract: Introdução: A prematuridade é um fator que aumenta o risco de sobrevida e alterações auditivas, de linguagem e cognitivas, de forma que os nascidos prematuros necessitam de monitoramento auditivo. Com isso, faz-se necessário avaliar a audição por meio das habilidades auditivas durante o processo de monitoramento dos prematuros e identificar risco de alterações no processamento auditivo, considerando o grau da prematuridade. Objetivos: Caracterizar as habilidades auditivas de crianças nascidas prematuras. Método: Trata-se de um estudo observacional, de corte longitudinal e perfil descritivo, com a amostra de cinco crianças nascidas prematuras com idades entre 6 e 23 meses na primeira avaliação e 12 e 36 meses na segunda avaliação. Foi realizada anamnese com a mãe e nas crianças, triagem, audiometria de observação comportamental (BOA), pesquisa do reflexo cócleo-palpebral (RCP) e pesquisa do nível mínimo de resposta por frequência a partir da audiometria de reforço visual (VRA) e do audiômetro pediátrico (PA5). Resultados: Observou-se que duas crianças estavam adequadas na primeira avaliação e três com atraso do desenvolvimento. Na segunda avaliação, duas continuaram adequadas, um continuou atrasada e duas entraram para dentro do padrão de normalidade. Conclusão: É necessário o monitoramento audiológico de crianças que nasceram prematuras, uma vez que o nível de evolução é individual e por vezes não segue o padrão da normalidade.
Abstract: Introduction: Prematurity is a factor that increases the risk of survival, hearing, language and cognitive alterations, so that preterm births require auditory monitoring. Therefore, it is necessary to evaluate the hearing through the hearing abilities during the process of monitoring the premature and to identify the risk of alterations in the auditory processing, considering the degree of prematurity. Objectives: To characterize the auditory abilities of children born prematurely. Method: This is an observational, longitudinal cut and descriptive profile, with the sample of five children born prematurely aged between 6 and 23 months in the first evaluation and 12 and 36 months in the second evaluation. Anamnesis was performed with the mother and in the children, screening, behavioral observation audiometry (BOA), cochlear-eyelid reflex (RCP), and a minimum level of frequency response from visual reinforcement audiometry (VRA) and pediatric audiometer (PA5). Results: It was observed that two children were adequate in the first evaluation and three were developmentally delayed. In the second evaluation, two remained adequate, one remained delayed and two entered into normality. Conclusion: It is necessary the audiological monitoring of children who were born premature, since the level of evolution is individual and sometimes does not follow the standard of normality.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8164
Other Identifiers: 2015073043
Appears in Collections:Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Caracterização das habilidades auditivas de crianças nascidas prematuras_TCC_2018Monografia1.12 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.