Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8142
Title: Morfologia e potencial adaptativo das lenticelas e características da madeira de espécies lenhosas da Caatinga
Other Titles: Morphology and adaptive potential of lenticels and wood characteristics of Caatinga woody species
Authors: Pereira, Mayara Luíza Alves
Keywords: Adaptação;Dendrologia;Periderme;Súber;Adaptation;Bark;Dendrology;Periderm
Issue Date: 28-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PEREIRA, Mayara Luíza Alves. Morfologia e potencial adaptativo das lenticelas e características da madeira de espécies lenhosas da Caatinga. 2018. 39 f. Monografia (Graduação em Ecologia) – Curso de Ecologia, Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Geralmente originadas sob os estômatos, durante o crescimento secundário da planta, as lenticelas são massas de células frouxas, dispostas horizontal ou verticalmente na periderme, que evoluíram como regiões arenquimatosas, garantindo um maior espaço intercelular em meio a células compactamente arranjadas e altamente suberificadas do felema e permitindo a entrada de ar no caule. Em ambientes secos como a Caatinga, não se sabe ao certo o papel que estas estruturas desempenham no desenvolvimento de plantas lenhosas e se possuiriam algum valor adaptativo além da já documentada aeração do caule. O objetivo desse trabalho foi caracterizar morfologia, número e área média das lenticelas de 15 espécies da Caatinga (sete dessas pertencentes à família Fabaceae) e discutir seu possível papel adaptativo com base em dados de sobrevivência, capacidade de armazenamento de água no lenho e densidade da madeira, além de fornecer dados dendrológicos que permitam uma melhor caracterização da periderme de espécies de árvores nativas em fase juvenil. As plantas utilizadas nas análises foram indivíduos jovens cultivados em casa de vegetação em canos de PVC, recebendo água via aspersão duas vezes por semana, e os dados de sobrevivência foram obtidos por meio de experimento de campo. Uma ampla diferença com relação à morfologia das lenticelas, ao número e a área média foi encontrada entre as espécies. Nas leguminosas, a área da lenticela (poro) influencia na quantidade de lenticelas presentes no caule e a área total dessas estruturas apresenta um efeito significativo na sobrevivência.
Abstract: Generally originating under the stomata, during secondary plant growth, lenticels are masses of loose cells, arranged horizontally or vertically in the periderm, that evolved as arenchymal regions, ensuring greater intercellular space in the midst of tightly arranged and highly suberified cells of the felema and allowing air to enter the stem. In dry environments such as the Caatinga, the role of these structures in the development of woody plants is unknown, and if they would have some adaptive value besides the already documented aeration of the stem. The objective of this work was to characterize the morphology, number and average area of the lenticels of 15 Caatinga species (seven of these belonging to the Fabaceae family) and discuss their possible adaptive role based on survival data, wood water storage capacity and wood density, as well as providing dendrological data that allow a better characterization of the periderm of native tree species in the juvenile phase. The plants used in the analyzes were young individuals growing in a greenhouse in PVC pipes, receiving water by spraying twice a week and survival data were obtained by field experiment. A wide difference in relation to lenticels morphology, number and average area was found among species. In leguminous species, the lenticel area (pore) influences the amount of lenticels present in the stem and the total area of these structures has a significant effect on survival.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/8142
Other Identifiers: 2014071385
Appears in Collections:Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_FINAL_FINAL_2018_12_12.pdf
Restricted Access Until 2021-01-01
O presente trabalho ainda será submetido a publicação em periódico científico.
Monografia elaborada como requisito para obtenção do diploma de Bacharel em Ecologia pela UFRN, entitulada Morfologia e potencial adaptativo das lenticelas e características da madeira de espécies lenhosas da Caatinga.1.64 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons