Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8110
Title: Oferta pública inicial no Brasil: uma análise do underpricing entre 2004 e 2018
Other Titles: Initial public offering in Brazil: an analyzes of the underpricing between 2004 and 2018
Authors: Almeida, Narayana Josefina Montenegro Dutra de
Keywords: Mercado de capitais;IPOs;Underpricing;Flipagem
Issue Date: 11-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ALMEIDA, Narayana Josefina Montenegro Dutra de. Oferta pública inicial no Brasil: uma análise do underpricing entre 2004 e 2018. 2018. 69f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Essa pesquisa teve como objetivo avaliar a relação entre os componentes que norteiam a Oferta Pública Inicial (IPO em inglês) das empresas brasileiras entre 2004 e 2018 e quanto esses elementos influenciam no preço de reserva e de lançamento do papel no mercado. Utilizando-se de um modelo empírico-analítico e de uma abordagem descritiva, foi construída uma base de dados com as informações públicas disponibilizadas, principalmente, pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e BM&F Bovespa (atual B3), por onde foram analisadas as seguintes variáveis: dias de reserva, segmento de listagem, coordenador líder e acordo com esse, variação do Ibovespa, EBITDA e preço da oferta secundária. Pelas análises elaboradas foi possível concluir que a maioria das variáveis utilizadas foram insuficientes - com exceção dos dias de reserva - para estabelecer uma correlação com a variação de preço sofrida pela ação durante seu primeiro dia de negociação. Essas descobertas destacam o alto grau de incerteza e a dificuldade existente em avaliar empresas que entram para o mercado de capitais, abrindo espaço para questionamentos ao processo de IPO como um todo, em especial a eficácia do bookbuilding e o papel do underwriter.
Abstract: The purpose of this study was to evaluate the relationship between the components that guide the Initial Public Offering (IPO) of Brazilian companies between 2004 and 2018 and how much these elements influence the reserve price and the market opening price. Using an empirical-analytical model and a descriptive approach, a database was built with the public information made available, mainly by CVM (Brazilian Securities and Exchange Commission) and BM&F Bovespa (current B3), through which the following variables were analyzed: reservation days, listing segment, underwriter and its agreement, Ibovespa variation, EBITDA and price of the secondary offer. Based on the analysis, it was possible to conclude that most of the variables used were insufficient - except for the reserve days - to establish a correlation with the price variation suffered by the share during its first trading day. These findings highlight the high degree of uncertainty and the difficulty in evaluating companies that enter the capital market, opening space for questions to the IPO process as a whole, especially the effectiveness of bookbuilding and the role of the underwriter.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/8110
Other Identifiers: 2014045830
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ofertapublica_Almeida_20181.14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons