Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8095
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorDantas, Paulo Moreira Silva-
dc.contributor.authorCastro, Lucas Frederico Gomes-
dc.date.accessioned2018-12-19T14:55:22Z-
dc.date.available2018-12-19T14:55:22Z-
dc.date.issued2018-11-30-
dc.identifier2013088163pt_BR
dc.identifier.citationCASTRO, Lucas Frederico Gomes. Benefícios da atividade física para pacientes diagnosticados com depressão. 2018. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Departamento de Educação Física, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/8095-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsAttribution-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/*
dc.subjectAtividade Físicapt_BR
dc.subjectDepressãopt_BR
dc.titleBenefício da atividade física para pacientes diagnosticados com depressãopt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.contributor.referees1Dantas, Paulo Moreira Silva-
dc.description.resumoA depressão é um mal-estar que vem se intensificando cada vez mais em todo o mundo, trata-se de uma doença psiquiátrica que anualmente afeta milhões de indivíduos. Estima-se que mais de 300 milhões de pessoas sofram com este problema. Assim, compreende-se que algumas discussões vêm sendo realizadas no sentido de diagnosticar e intervir, na intenção de devolver as pessoas a autoestima e o prazer pela vida. Considerando essas questões, acredita-se que a atividade física pode ser um grande auxílio em sua prevenção e na melhoria da qualidade de vida das pessoas que sofrem desse problema. Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo analisar os possíveis benefícios da atividade física para pacientes diagnosticados com depressão. Para tanto, foram analisados artigos e documentos referentes ao Ministério da Saúde e Organização Mundial com o intuito de compreender a depressão como uma doença generalizada, bem como analisar a relação da prática de atividade física em casos de pacientes diagnosticados. O estudo concluiu que o exercício físico manipulado e controlado da forma correta em pacientes diagnosticados com depressão tem inúmeros benefícios no tratamento da doença. A pesquisa é de revisão bibliográfica, cujos artigos foram explorados em diferentes bases de dados, tais como Scielo, Google Acadêmico, Biblioteca Virtual de Saúde, Revista Brasileira de Psiquiatria, Biblioteca Digital de Teses e Dissertações, Revista Motriz, Revista Movimento, dentre outras.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEducação Físicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.subject.cnpqCiências da Saúdept_BR
dc.subject.cnpqEducação Físicapt_BR
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Benefícios da atividade física para pacientes diagnosticados com depressão_TCC_2018Monografia145.39 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons