Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8038
Title: Respostas do solo a disposição inadequada de resíduos sólidos no município de Nova Cruz-RN
Authors: Ribeiro, Amanda Cristina Soares
Keywords: Processos de degradação;Qualidade do solo;Recuperação de áreas degradadas
Issue Date: 7-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RIBEIRO, Amanda Cristina Soares. Respostas do solo a disposição inadequada de resíduos sólidos no município de Nova Cruz-RN. 2018. 25f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Centro de Tecnologia, Curso de Engenharia Ambiental, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A disposição final de resíduos sólidos em lixões é uma prática inadequada, visto que consiste em uma fonte potencial de contaminação que pode gerar diversos impactos negativos ao ambiente. Na maioria dos casos, a desativação dos lixões consiste apenas no encerramento da disposição de resíduos e abandono das áreas. Para a recuperação dessas áreas é imprescindível avaliar a qualidade do solo, com o objetivo de adotar os critérios técnicos de proteção sanitária e ambiental que sejam mais viáveis e eficientes ao reestabelecimento das funções ecossistêmicas. Nesse contexto, o presente estudo tem como objetivo a avaliação dos atributos físicos e químicos do solo de um lixão desativado do município de Nova Cruz, na região do Agreste potiguar, a fim de identificar os processos de degradação que deverão ser sanados em programas de recuperação dessa área. A amostragem do solo foi realizada nas áreas de lixão e de mata nativa, a qual serviu como padrão de referência de qualidade. As amostras foram submetidas à análise dos seguintes atributos físicos e químicos: densidade do solo, densidade de partículas, granulometria, porosidade total, pH, condutividade elétrica, matéria orgânica e fósforo. A partir dos resultados obtidos foi possível identificar os processos de degradação na área do lixão, tais como alcalinidade, enriquecimento por sais, fósforo e matéria orgânica.
Abstract: The final disposal of solid waste in dumps is an inadequate practice, since it is a potential source of contamination that can generate several negative impacts to the environment. In most cases, the deactivation of the dumps consists only in the closure of waste disposal and abandonment of the areas. For the recovery of these areas it is essential to evaluate soil quality, with the objective of adopting the most viable and efficient technical criteria of sanitary and environmental protection for the restoration of the ecosystem functions. In this context, the present study has as objective the evaluation of the physical and chemical attributes of the soil of a deactivated dump of the municipality of Nova Cruz, in the Agreste region of the state of Rio Grande do Norte, in order to identify the processes of degradation that should be remedied in its recovery programs in this area. Soil sampling was carried out in the areas of dump and native forest, which served as quality reference. The samples were submitted to analysis of the following physical and chemical attributes: soil density, particle density, particle size, total porosity, pH, electrical conductivity, organic matter and phosphorus. From the obtained results were identified the degradation processes in the area of the dump, such as alkalinity, salt enrichment, phosphorus and organic matter.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/8038
Other Identifiers: 20170008377
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - Amanda Ribeiro.pdf1.18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons