Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8032
Title: A influência de tratamentos ortodônticos com extração de primeiros pré-molares na percepção estética do sorriso
Authors: Marcelino, Karolina Pires
Keywords: Estética dentária;Sorriso;Ortodontia;Pré-molar;Cirurgia Bucal;Esthetics, Dental;Smiling;Orthodontics;Bicuspid;Surgery, Oral
Issue Date: 5-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MARCELINO, Karolina Pires. A influência de tratamentos ortodônticos com extração de primeiros pré-molares na percepção estética do sorriso. 2018. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) – Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Introdução: A ortodontia tem sido um recurso chave para alcançar as demandas estéticas na busca do sorriso ideal. Esta pesquisa avaliou a atratividade de sorrisos tratados ortodonticamente, sem e com extração de primeiros pré-molares, simétricas ou assimétricas, percebida por diferentes especialidades odontológicas, estudantes de odontologia e leigos. Métodos: A atratividade de sorrisos tratados ortodonticamente com extração de primeiros pré-molares, simétricas e assimétricas, foi avaliada por 160 indivíduos divididos em 5 categorias com 32 em cada uma delas (estudantes de odontologia, ortodontistas, reabilitadores orais, cirurgiões-dentistas de outras especialidades e leigos). Seis imagens de sorrisos (sorriso feminino sem extração, com extração assimétrica e simétrica; e sorriso masculino sem extração, com extração assimétrica e simétrica) foram avaliadas numa escala visual numérica de zero a dez através do “Formulários Google”. Resultados: Não houve diferença estatisticamente significativa na percepção estética do sorriso em nenhum dos grupos de avaliadores quanto aos sorrisos do mesmo gênero individualmente. Já quando a comparação da atratividade do sorriso foi entre os gêneros, a diferença foi estatisticamente significativa. Conclusão: Os resultados sugerem que a extração de pré-molares não influencia na estética do sorriso, e sorrisos tratados ortodonticamente com extração simétrica e assimétrica de pré-molares são tão atrativos quanto sorrisos tratados ortodonticamente sem extração.
Abstract: Introduction: Orthodontics has been a key resource to achieve the esthetic demands in the search for the ideal smile. This research evaluated the attractiveness of orthodontically treated smiles, without and with extraction of first premolars, symmetrical or asymmetrical, perceived by different dental specialties, dentistry students and lay people. Methods: The attractiveness of orthodontically treated smiles with extraction of symmetrical and asymmetrical first premolars was evaluated by 160 individuals divided into 5 categories with 32 in each one (dental students, orthodontists, oral rehabilitators, dental surgeons of other specialties and lay people). Six images of smiles (female smile without extraction, with asymmetric and symmetrical extraction, and male smile without extraction, with asymmetrical and symmetrical extraction) were evaluated in a visual scale of zero to ten using the "Google Forms". Results: There was no statistically significant difference in the esthetic perception of the smile in any of the groups of evaluators regarding the smiles of the same gender individually. When the comparison between the attractiveness of the smile was between genders, the difference was statistically significant. Conclusion: The results suggest that premolar extraction does not influence smile aesthetics, and orthodontically treated smiles with symmetrical and asymmetric extraction of premolars are as attractive as orthodontically treated smiles without extraction.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/8032
Other Identifiers: 2014058866
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_Karolina Pires_2018.pdf3.24 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.