Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8024
Title: Aspectos gerais da infecção pela bactéria Treponema pallidum: uma revisão
Authors: Braga, Aline de Oliveira
Keywords: Sífilis;Treponema pallidum;Imunologia
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BRAGA, Aline de Oliveira. Aspectos gerais da infecção pela bactéria Treponema pallidum: uma revisão. 2018. 63 f. Monografia (Graduação em Biomedicina) – Curso de Biomedicina. Centro de Biociências. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Sífilis é uma doença crônica causada pela bactéria Treponema pallidum subespécie pallidum, que pode ser transmitida de forma sexual, vertical, responsável pela sífilis congênita e menos comumente através de beijo ou por transfusões sanguíneas. Dados da Organização Mundial de Saúde, mostram que 17,7 milhões de pessoas no mundo, em 2012, com idade entre 15 e 49 anos, estavam com sífilis adquirida. No Brasil, a sífilis teve sua notificação compulsória instalada em 2010, sendo observado um aumento de mais de 20 vezes no número de casos de sífilis adquirida por 100 mil habitantes entre 2010 e 2016. Os casos de sífilis em gestantes cresceram em torno de quatro vezes nesse período, sendo acompanhados pelos casos de sífilis congênita. A infecção acontece quando o T. pallidum entra em contato com a mucosa íntegra ou através de lesões microscópicas na pele. Antes do início das manifestações clínicas, a bactéria começa a se multiplicar localmente e através da penetração interjuncional do endotélio vascular o T. pallidum obtém acesso a vários tecidos após a hematogênese. A passagem dos treponemas através das células endoteliais, resulta em uma ativação dessas células e expressão de moléculas de adesão, que causa o recrutamento de leucócitos fagocíticos responsáveis pela eliminação do microrganismo. Dessa forma, uma resposta imune inata e adaptativa complexa é estabelecida principalmente por ação de lipopeptídeos da bactéria, com perfil pró-inflamatório, que estimulam as células da imunidade inata pela via do TLR2. Também atuam modulando a resposta dos linfócitos T CD4 para o perfil Th1 ao induzir expressão de IL-2 e IFN-γ. A sífilis adquirida não tratada pode progredir para uma diversidade de manifestações clínicas, responsáveis por separar a doença em sífilis primária, caracterizada pela presença da lesão chamada protossifiloma; sífilis secundária, caracterizada pela disseminação do T. pallidum por todos os órgãos e tecidos e presença de lesões cutâneas disseminadas; sífilis latente, com alta concentração de anticorpos e ausência de sintomas, sendo ainda infectante e a sífilis terciária, pouco infectante, podendo evoluir paras as formas cardiovascular ou neurossífilis. Até o presente momento não há relatos de resistência ao tratamento com o antibiótico penicilina, entretanto a sífilis continua sendo um grave problema de saúde pública, por isso esforços para desenvolver uma vacina eficaz estão sendo realizados em todo mundo.
Abstract: Syphilis is a chronic disease caused by the bacterium Treponema pallidum subspecies pallidum, which can be transmitted sexually, vertically, responsible for congenital syphilis and less commonly through kissing or by blood transfusions. Data from the World Health Organization show that 17.7 million people in the world in 2012, aged 15-49 years, had acquired syphilis. In Brazil, syphilis had its compulsory notification installed in 2010, with an increase of more than 20 times in the number of cases of syphilis acquired per 100,000 inhabitants between 2010 and 2016. The cases of syphilis in pregnant women grew around four times in this period, being accompanied by cases of congenital syphilis. The infection occurs when T. pallidum comes in contact with the healthy mucosa or through microscopic lesions on the skin. Before the onset of clinical manifestations, the bacterium begins to multiply locally and through interjunctional penetration of the vascular endothelium, T. pallidum obtains access to several tissues after hematogenesis. The passage of the treponemes through the endothelial cells, results in an activation of these cells and expression of adhesion molecules, which causes the recruitment of phagocytic leucocytes responsible for th elimination of the microorganism. Thus, a complex innate and adaptive immune response is established mainly by the action of proinflammatory bacteria lipopeptides that stimulate innate immunity cells via the TLR2 pathway. They also act by modulating the response of CD4 T lymphocytes to the Th1 profile by inducing IL-2 and IFN-γ expression. Acquired untreated syphilis may progress to a variety of clinical manifestations responsible for separating the disease into primary syphilis, characterized by the presence of the lesion called protossifiloma; secondary syphilis, characterized by the dissemination of T. pallidum by all organs and tissues and the presence of disseminated cutaneous lesions; latent syphilis, with a high concentration of antibodies and absence of symptoms. It is still infectious and tertiary syphilis is not very infectious, and can evolve into cardiovascular or neurosyphilis forms. Until now there are no reports of resistance to antibiotic penicillin treatment, however syphilis remains a serious public health problem, so efforts to develop an effective vaccine are being carried out worldwide.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/8024
Other Identifiers: 2011019793
Appears in Collections:Biomedicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AspectosGeraisInfeccao_Braga_2018.pdf1,22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons