Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7965
Title: Influência da expansão rápida da maxila na enurese noturna: uma revisão sistemática
Other Titles: The influence of rapid maxillary expansion on nocturnal enuresis: a systematic review
Authors: Padilha, Hamanda de Medeiros
Keywords: Técnica de expansão palatina;Respiração;Apneia obstrutiva do sono;Enurese noturna
Issue Date: 5-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PADILHA, Hamanda de Medeiros. Influência da expansão rápida da maxila na enurese noturna: uma revisão sistemática. 2018. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em odontologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Objetivo: O objetivo desta revisão sistemática foi avaliar a influência da expansão rápida da maxila (ERM) na enurese noturna (EN) de crianças e adolescentes diagnosticados com atresia maxilar. Material e Métodos: Uma busca eletrônica foi realizada nas seguintes bases de dados: PubMed/Medline, LILACS, Biblioteca Cochrane, Scopus e Science Direct. O levantamento bibliográfico foi realizado de forma cega por dois revisores. Inicialmente, os estudos foram selecionados por meio da leitura do título e do resumo dos artigos em cada uma das bases de dados. As referências de cada estudo selecionado foram, então, pesquisadas manualmente a fim de encontrar artigos ainda não localizados pela busca eletrônica. Em casos de desacordo entre os revisores quanto à inclusão ou não de um determinado estudo na análise, foi realizada uma discussão entre os revisores para que se determinasse um consenso. Após a leitura completa dos artigos selecionados, os estudos que atenderam aos critérios de inclusão foram qualitativamente avaliados utilizando-se uma escala. Para avaliar o nível de concordância interexaminadores, foi realizado o teste estatístico Kappa após a seleção dos artigos e a avaliação qualitativa dos estudos. Resultados: Um total de 488 artigos foram encontrados, porém apenas 8 foram selecionados para a revisão, após a aplicação dos critérios de inclusão e de exclusão. A ERM parece promover uma redução variável na frequência ou, até mesmo, a remissão da enurese noturna em crianças e adolescentes tanto em curto (1, 4 e 8 meses), quanto em longo prazo (13, 36, 48 e 120 meses). Conclusão: Existe baixa a moderada evidência para comprovar que a ERM promove uma melhora no quadro de enurese noturna em crianças e adolescentes. Ensaios clínicos randomizados com maior padronização da amostra e que comparem os efeitos da expansão rápida da maxila no grupo experimental com grupos controles são necessários para melhor responder à pergunta deste estudo.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7965
Other Identifiers: 2014078537
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - Hamanda Padilha16 (1).pdf461.54 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons