Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7952
Title: Dismenorreia primária e etcc: efeitos sobre a performance física e estado de humor, um ensaio clínico randomizado controlado duplo cego
Authors: Camara, Hialison Andrade
Keywords: Transcranial direct current stimulation;Pain
Issue Date: 14-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CAMARA, Hialison Andrade. Dismenorreia primária e etcc: efeitos sobre a performance física e estado de humor, um ensaio clínico randomizado controlado duplo cego. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2018.
Portuguese Abstract: Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da aplicação da eletroestimulação transcraniana por corrente continua (ETCC) na performance física e estado de humor em mulheres com DP. Método: As participantes foram alocadas em dois grupos, ETCC-ativa e ETCC-sham, foram realizadas 5 aplicações de ETCC ao longo de um período de 1 semana. Os desfechos foram avaliados pelo teste de caminhada de seis minutos (TC6’), dinamometria lombar, Escala de Afeto Positivo e Negativo (PANAS) e Escala de Ansiedade de amilton (HAS). Os dados iniciais foram coletados no primeiro ciclo menstrual e no segundo ciclo menstrual e os dados pós-intervenção foram coletados. Resultado:A análise do GEE(Generalized Estimating Equations) não revelou o efeito da intervenção no grupo ativo quanto ao afeto positivo (Wald x2 = 0,06; p = 0,80), feto negativo (Wald x2 = 0,004; p =, 95) e ansiedade (Wald x2 = 0,09; p = .76) ou pré-pós-intervenção e efeito de interação entre modificação de variáveis (p> 0,05). A dinamometria (Wald x2 ,12; p = 0,54) e desempenho aeróbio submáximo (Wald x2 = 0,72; p = 0,39) não diferiram entre os grupos nem pré-pós-intervenção (p> 0,05).Conclusão: Os dados do presente estudo não demonstraram diferença significativa para o grupo ETCC - ativa no afeto positivo, afeto negativo, ansiedade, melhora da ercepção do esforço e desempenho aeróbio submáximo quando comparada ao grupo ETCC-sham
Abstract: Objective: The objective of this study is to evaluate the effects of the use of TDCS on physical performance and mood state in women with PD. Method: Eleven active treatments and 11 placebo stimulations of 5 TDCS applications were performed over a period of 1 week. The outcomes were evaluated by the Positive and Negative Affect Scale (PANAS), Hamilton Anxiety Scale (SAH), lumbar dynamometry and six-minute walk test (6MWT). Initial data were collected in the first menstrual cycle and in the second menstrual cycle and post-intervention data were collected. Results: The GEE analysis did not reveal the effect of the intervention in the active group on positive affect (Wald x2 = 0.06, p = 0.80), negative affection (Wald x2 = 0.004, p = 95) and anxiety Wald x2 = 0.09, p = .76) or pre-post intervention and interaction effect between modification of variables (p> 0.05). The dynamometry (Wald x2 = 2.12, p = 0.54) and submaximal aerobic performance (Wald x2 = 0.72, p = 0.39) did not differ between groups nor pre-post intervention (p> 0, 05). Conclusion: Data from the present study did not show a significant difference for the TDCS-active group in the positive affection, negative affection, anxiety, improvement of the perception of effort and submaximal aerobic performance when compared to the TDCS-sham group.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7952
Other Identifiers: 2014025990
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dismenorreia_Camara_2018.pdf505,65 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons