Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7950
Title: Perfil Epidemiológico de Mulheres Atendidas na Consulta do Pré- Natal de Alto Risco em um Hospital Universitário.
Authors: Silva, Maria Aparecida
Keywords: Saúde da Mulher;Gestação de Alto Risco;Perfil Epidemiológico
Issue Date: 20-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Maria Aparecida. Perfil Epidemiológico de Mulheres Atendidas na Consulta do Pré- Natal de Alto Risco em um Hospital Universitário. 2018. Artigo Científico (Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2018.
Portuguese Abstract: Gestation is a physiological phenomenon and, for this reason, its evolution occurs in most cases without intercurrences. However, there is a small number of pregnant women who may suffer some harm and may present greater probabilities of unfavorable gestational evolution. The objective of this study is: To describe the sociodemographic and epidemiological profile of the women living in the municipality of Santa Cruz / RN, who are attending the High Risk Pre-Natal in a University Hospital. We used a retrospective study with a quantitative approach, where the records of high-risk prenatal care were analyzed. The results pointed out to pregnant women living in peripheral neighborhoods, aged between 15 and 35 years, with good level of schooling, married and single, working outside the home, without previous vices or pathologies, with a family history of diabetes and hypertension. These being between the first and second gestation, with no history of abortion or gestational intercurrences. They were referred to the high risk for hypertension, followed by the extremes of age, and started prenatal high risk in the first trimester of pregnancy. It is concluded that the implementation of progress in maternal health care is fundamental, considering that it is a reference institution for the follow-up of high-risk pregnancies.
Abstract: A gestação é um fenômeno fisiológico e, por isso mesmo, sua evolução se dá na maior parte dos casos sem intercorrências. Mas, há uma parcela pequena de gestantes que, pode sofre algum agravo, podendo apresentar maiores probabilidades de evolução gestacional desfavorável. O estudo objetiva: Traçar o perfil sociodemográfico e epidemiológico das mulheres residentes no município de Santa Cruz/RN que são atendidas no Pré-Natal de Alto Risco em um Hospital Universitário. Utilizou-se, assim, de um estudo retrospectivo com abordagem quantitativa, onde foram analisados os prontuários de atendimento do pré-natal de alto risco. Os resultados apontaram para gestantes residentes em bairros periféricos, com idade entre 15 a 35 anos, com bom nível de escolaridade, casadas e solteiras, que trabalham fora de casa, sem vícios ou patologias pregressas, com histórico familiar de diabetes e hipertensão. Estando essas entre a primeira e segunda gestação, sem histórico de aborto ou intercorrências gestacionais. Foram encaminhadas para o alto risco, por hipertensão, seguido dos extremos de idade, tendo iniciado o pré-natal de alto risco no primeiro trimestre gestacional. Conclui-se que é fundamental a implementação de progressos na assistência em saúde materna, considerando tratar-se de uma instituição referência para o acompanhamento de gestações de alto risco
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7950
Other Identifiers: 2014095369
Appears in Collections:FACISA - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PerfilEpidemiologico_2018_Silva.pdf
Restricted Access Until 2021-12-17
Pretendo publicar em periódico especializado List of Journals Indexed in Index Medicus
Artigo Científico279.72 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.