Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7944
Title: Estimativa do fornecimento de Vitamina A pelo leite materno em diferentes estágios de lactação: um estudo de caso
Authors: Felgueiras, Vanessa de Freitas
Keywords: Leite humano;Deficiência de vitamina A.;Aleitamento materno;HPLC/CLAE
Issue Date: 4-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FELGUEIRAS Vanessa de Freitas. Estimativa do fornecimento de Vitamina A pelo leite materno em diferentes estágios de lactação: um estudo de caso. 2018. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Nutrição. Natal, RN, 2018.
Portuguese Abstract: O leite humano é a única fonte de vitamina A para o bebê amamentado exclusivamente, e como a reserva hepática neste micronutriente é baixa ao nascer, é essencial que o leite forneça quantidades adequadas para evitar o estabelecimento da deficiência de vitamina A. Portanto, o objetivo deste estudo foi estimar o fornecimento de retinol pelo leite em diferentes estágios da lactação de um grupo de mulheres lactantes atendidas em uma maternidade pública de Natal-RN. Participaram desse estudo de caso 10 mulheres lactantes e em cada uma foram realizadas quatro coletas de leite em jejum, sendo a primeira até 48 horas após o parto (leite 0h, colostro), a segunda coleta 24 horas após a primeira (leite 24h, colostro), a terceira entre 7º - 10º dias pós-parto (leite de transição) e a quarta com 30 dias após a primeira coleta (leite maduro). O retinol foi analisado por cromatografia líquida de alta eficiência e valores inferiores a 30 μg/dL para o leite maduro foram considerados indicativos de baixa concentração de retinol. A estimativa do fornecimento de vitamina A pelo leite materno foi determinada por comparação da concentração de retinol encontrada com a recomendação de ingestão do lactente a AI de vitamina A para menores de 6 meses (400 μg/dia). A concentração média de retinol no leite materno diminuiu no decorrer da lactação, apresentando valores de 139,3 (31,1) μg/dL no colostro e 40,9 (15,0) μg/dL no leite maduro (p <0,001). Ao avaliar a estimativa de fornecimento de retinol pelos leites analisados, apenas o leite 0h e 24h (leite colostro) atingiram a recomendação de ingestão da vitamina, chegando a valores estimados de 551,63 μg/dia e 474,01 μg/dia, respectivamente. Conclui-se assim que o grupo avaliado apresentou maiores valores de retinol no leite colostro e menor no leite maduro, o que refletiu uma maior estimativa do fornecimento de vitamina A pelo leite colostro e menor contribuição pelo leite maduro.Vale destacar a importância do aleitamento materno para atender o requerimento de vitamina A do lactente, contribuindo com a assistência nutricional no binômio mãe-filho, para correção de possíveis deficiências, e que isso seja rotina durante o acompanhamento pós-parto.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7944
Other Identifiers: 2014088945
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Estimativa do fornecimento de Vitamina A pelo leite materno em diferentes estágios_TCC_2018
Restricted Access Until 2020-12-30
Monografia677,12 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons