Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7899
Title: Desafios e perspectivas da toxoplasmose gestacional e congênita: uma revisão da literatura
Authors: Gonçalves, Fernanda Tereza de Oliveira
Keywords: Toxoplasma gondii;Toxoplasmose gestacional;Toxoplasmose congênita;Gravidez;Imunidade
Issue Date: 30-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: GONÇALVES, Fernanda Tereza de Oliveira. Desafios e perspectivas da toxoplasmose gestacional e congênita: uma revisão da literatura. 2018. 51 f. (Graduação em Biomedicina) – Curso de Biomedicina, Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A toxoplasmose é a infecção parasitária mais comum em todo o mundo, sendo ubiquitária e cosmopolita, independente de regiões ou condições climáticas. Geralmente se apresenta assintomática ou subclínica em indivíduos imunocompetentes. Porém pode se tornar preocupante quando a primo-infecção ocorre durante a gravidez, devido aos riscos da transmissão vertical, gerando um grave problema de saúde pública, com sequelas para o concepto, tais como macro e microcefalia, retinocoroidite e distúrbios cognitivos. Essas sequelas têm menor chance de acontecer quando a infecção é diagnosticada precocemente e o tratamento antiparasitário é logo iniciado, por isso é tão importante o diagnóstico correto na triagem pré-natal. Devido a sua capacidade de interação eurixênica, esse parasito, apesar de ser espécie única do gênero, apresenta uma diversidade genotípica muito grande, principalmente no Brasil. Fato este que pode estar associado a uma maior morbidade das infecções toxoplásmicas em nosso meio. Este trabalho teve como objetivos revisar e atualizar temas importantes envolvendo a interação parasito-hospedeiro no tocante a toxoplasmose gestacional/congênita envolvendo os possíveis mecanismos de passagem transplacentária do parasito, aspectos fisiopatológicos e imunopatogênicos. Além de ressaltar a importância do diagnóstico precoce da infecção aguda materna na prevenção das sequelas causadas ao feto, mostrando programas que adotaram medidas preventivas e obtiveram resultados promissores, como também avanços importantes no desenvolvimento de novas terapias contra o T. gondii.
Abstract: Toxoplasmosis, caused by Toxoplasma gondii, is the World’s most common parasitic infection, occurring independently of region or climate characteristics. Generally, it is presented as asymptomatic or subclinical infection in immunocompromised subjects. However, it can become an important issue when the primo-infection happens during pregnancy due to risks of vertical transmission generating great public health problems such as sequelae to the concept, fetal death, macro and microcephaly, retinochoroiditis and cognitive dysfunction. These sequelae have less chances to happen when the infection is diagnosed early and the anti-parasitic treatment is subsequently started, thus, it is important to make a correct diagnosis during prenatal screening. Due to its capacity of eurixenic interactions, this parasite, although being a unique specie of its genus, shows a highly diverse genetic mainly in Brazil. This fact can be related to a higher morbidity rates of Toxoplasma infections around the population. In this context, this work aims to review and update important points involving the host-parasite interactions concerning gestational/congenital toxoplasmosis and the possible mechanisms of the parasite’s transplacental transmission, physiopathological and immunopathogenic aspects and also highlight the importance of the early diagnosis of acute infection in pregnant women to prevent sequelae that might be harmful to the fetus, showing preventive strategies adopted by governmental policies and its promising results as well as important advances in the development of new therapies against Toxoplasma gondii.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7899
Other Identifiers: 2014094586
Appears in Collections:Biomedicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DesafiosPerspectivasToxoplasmose_Gonçalves_2018.pdf1.43 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons