Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7897
Title: Citogenética no diagnóstico da Leucemia Linfocítica Aguda em crianças - uma revisão de literatura
Authors: Pinheiro, Maria Luiza Andrade
Keywords: Leucemia linfocítica aguda;Crianças;Citogenética
Issue Date: 28-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PINHEIRO, Maria Luiza Andrade. Citogenética no diagnóstico da Leucemia Linfocítica Aguda em crianças. 2018. 63f. Monografia (Graduação em Biomedicina) - Curso de Biomedicina, Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A leucemia representa um grupo de neoplasias malignas derivadas das células hematopoiéticas. Esta doença inicia na medula-óssea, local onde as células sanguíneas são produzidas, e posteriormente invadem o sangue periférico, podendo atingir vários órgãos do sistema linfo-hematopoético. A leucemia é a doença maligna mais comum na infância, correspondendo aproximadamente a 30% dos casos de câncer em crianças. No Brasil são registrados cerca de 12.000 casos de leucemia por ano com um total de 5500 mortes, representando o oitavo tipo de câncer mais frequente na população brasileira. A Leucemia Linfocítica Aguda, representa cerca de 80% dos casos de leucemias em crianças, numa incidência de 1:25.000 indivíduos entre 0 a 14 anos. A faixa etária de maior frequência está entre 2 e 5 anos, com maior incidência para o sexo masculino e raça branca. No Brasil, em cada 10 a 15 casos de câncer em menores de 15 anos de idade, 4 são de LLA. Vários critérios podem ser adotados para classificar as Leucemias Agudas, dentre eles a morfologia celular, a citoquímica, a imunofenotipagem, e o estudo citogenético. A citogenética permite uma análise mais detalhada, o que possibilita detectar as alterações cromossômicas das células leucêmicas, essas alterações irão auxiliar no diagnóstico, na classificação, na caracterização de diferentes estágios, na avaliação da remissão e no prognóstico dessas neoplasias. A partir deste trabalho é possível demonstrar a importância do estudo citogenético no diagnóstico e na identificação de fatores prognósticos de pacientes pediátricos com Leucemia Linfocítica Aguda.
Abstract: Leukemia represents a group of malignant neoplasms derived from hematopoietic cells. This disease always starts in the bone marrow, where the blood cells are produced, and later invade the peripheral blood, which can reach several organs of the lymphohematopoetic system of the affected patient. Leukemia is the most common malignant disease in childhood, accounting for approximately 30% of cancer cases in children. In Brazil, there are around 12,000 cases of leukemia per year with a total of 5500 deaths, representing the eighth most frequent type of cancer in the Brazilian population. Acute lymphocytic leukemia accounts for about 80% of cases of leukemia in children, with an incidence of 1: 25,000 individuals aged 0 to 14 years. The most frequent age group is between 2 and 5 years, with a higher incidence for males and whites. In Brazil, in every 10 to 15 cases of cancer in children under 15 years of age, 4 are ALL. Several criteria can be adopted to classify acute leukemias, such as cell morphology, cytochemistry, immunophenotyping, and cytogenetic study. The cytogenetics allows a more detailed analysis, which allows to detect the chromosomal alterations of the leukemic cells, these alterations will aid in the diagnosis, the classification, the characterization of different stages, the evaluation of the remission and the prognosis of these neoplasias. From this work it is possible to demonstrate the importance of the cytogenetic study in the diagnosis and in the identification of prognostic factors of pediatric patients with Acute Lymphocytic Leukemia.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7897
Other Identifiers: 2014094657
Appears in Collections:Biomedicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CitogenéticaDiagnósticoLLA_Pinheiro_2018.pdf644.73 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons