Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/788
Title: Condições de trabalho dos funcionários da Cartec Informática
Authors: MORAIS, Sara Ariane da Costa
Keywords: Condições de trabalho;Empresa de informática;Condições físicas;Ambiente de trabalho
Issue Date: 2013
Publisher: Administração
Citation: MORAIS, Sara Ariane da Costa. Condições de trabalho dos funcionários da Cartec Informática. 2013. 67f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) – Departamento de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Abstract: O presente estudo se propôs a analisar as condições de trabalho de uma empresa prestadora de serviços de informática, a Cartec Informática. O trabalho buscou compreender, inicialmente, a relação histórica e a contextualização das condições de trabalho, baseando-se na ideia de autores como, Muchinsky (1994), Ramos, Peiró & Ripoll (2002), Prieto (1994), Blanch, Espuny, Gala e Martín (2003), Garrido (2005) e Borges, Alves-Filho, Costa e Falcão (2013) que definiram o termo e o dimensionaram em categorias que tratam especificamente os principais pontos que envolvem as condições de trabalho. A metodologia utilizada foi um estudo de caso, através de uma pesquisa bibliográfica. Ela foi desenvolvida mediante a análise e compreensão dos dados obtidos através da aplicação do questionário de condições de trabalho e da observação da autora como funcionária da Empresa. Os resultados foram analisados conforme a relação de condições de trabalho que se dividem em quatro dimensões, as condições contratuais e jurídicas, as condições físicas e materiais, os processos e características do trabalho e o ambiente sociogerencial. As análises demonstraram divergências contratuais e jurídicas, principalmente, quanto aos cargos de operadores de telemarketing e de técnicos de laboratório. Também demonstrou ser desfavorável quanto aos aspectos materiais, às condições climáticas e de segurança. Comprovou resultados positivos quanto à existência do estímulo à colaboração e organização do tempo, dentro dos processos e características das atividades. Também demonstrou a existência de um ambiente sem discriminação social e violência, porém com forte exposição dos profissionais à pressão e exigências no trabalho. Os resultados encontrados demonstraram não haver condições de trabalho satisfatórias e uma despreocupação com a situação em que os funcionários se encontram. Portanto, devem ser implantadas ações corretivas e sanadoras que redefinam as atuais condições de trabalho existentes, propiciando um ambiente de trabalho saudável e com condições coerentes com suas necessidades.
Description: Participaram da Banca Examinadora os Professores Maria Teresa Pires Costa (UFRN) e Maria da Penha Machado de Medeiros (UFRN).
URI: http://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/788
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SaraACM_Monografia.pdfTexto completo812.99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.