Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/788
Título: Condições de trabalho dos funcionários da Cartec Informática
Autor(es): Morais, Sara Ariane da Costa
Palavras-chave: Condições de trabalho;Empresa de informática;Condições físicas;Ambiente de trabalho
Data do documento: 2013
Editor: Administração
Referência: MORAIS, Sara Ariane da Costa. Condições de trabalho dos funcionários da Cartec Informática. 2013. 67f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia), Departamento de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Abstract: O presente estudo se propôs a analisar as condições de trabalho de uma empresa prestadora de serviços de informática, a Cartec Informática. O trabalho buscou compreender, inicialmente, a relação histórica e a contextualização das condições de trabalho, baseando-se na ideia de autores como, Muchinsky (1994), Ramos, Peiró & Ripoll (2002), Prieto (1994), Blanch, Espuny, Gala e Martín (2003), Garrido (2005) e Borges, Alves-Filho, Costa e Falcão (2013) que definiram o termo e o dimensionaram em categorias que tratam especificamente os principais pontos que envolvem as condições de trabalho. A metodologia utilizada foi um estudo de caso, através de uma pesquisa bibliográfica. Ela foi desenvolvida mediante a análise e compreensão dos dados obtidos através da aplicação do questionário de condições de trabalho e da observação da autora como funcionária da Empresa. Os resultados foram analisados conforme a relação de condições de trabalho que se dividem em quatro dimensões, as condições contratuais e jurídicas, as condições físicas e materiais, os processos e características do trabalho e o ambiente sociogerencial. As análises demonstraram divergências contratuais e jurídicas, principalmente, quanto aos cargos de operadores de telemarketing e de técnicos de laboratório. Também demonstrou ser desfavorável quanto aos aspectos materiais, às condições climáticas e de segurança. Comprovou resultados positivos quanto à existência do estímulo à colaboração e organização do tempo, dentro dos processos e características das atividades. Também demonstrou a existência de um ambiente sem discriminação social e violência, porém com forte exposição dos profissionais à pressão e exigências no trabalho. Os resultados encontrados demonstraram não haver condições de trabalho satisfatórias e uma despreocupação com a situação em que os funcionários se encontram. Portanto, devem ser implantadas ações corretivas e sanadoras que redefinam as atuais condições de trabalho existentes, propiciando um ambiente de trabalho saudável e com condições coerentes com suas necessidades.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/788
Aparece nas coleções:Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CondicoesDeTrabalho_Morais_2013.pdfTexto completo812,99 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.