Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7845
Title: Do Polígono das secas à vulnerabilidade ao colapso hídrico: uma análise do território do Rio Grande do Norte
Other Titles: From dry Polygon to vulnerability to water collapse: an analysis of the Rio Grande do Norte territory
Authors: Silva, Bruno Lopes
Keywords: Recursos Hídricos;Colapso Hídrico;Polígono das Secas;Terriório do Rio Grande do Norte.
Issue Date: 23-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Bruno Lopes da. Do Polígono das secas à vulnerabilidade ao colapso hídrico: uma análise do território do Rio Grande do Norte. 2018. 75f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de Geografia (Bacharelado), Departamento de Geografia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O Polígono das Secas é um territorio que caracteriza a área de predomínio das condições de semiaridez na região Nordeste. No Rio Grande do Norte, o Polígono das Secas abrange mais de 90% dos municípios, os quais apresentam uma estrutura hídrica diversificada, com potencialidades e fragilidades específicas. Essa elevada abrangência do Polígono das Secas no estado tem resultado em níveis distintos de vulnerabilidade ao colapso hídrico. Partindo desse contexto, objetiva-se analisar o Polígono das Secas e a vulnerabilidade ao colapso hídrico no território do Rio Grande do Norte, de 2015 a 2017. Para alcançar esse objetivo utilizou-se um conjunto de procedimentos metodológicos, de caráter teórico e empírico, como a construção de um aporte teórico e conceitual sobre elementos da estrutura hídrica, potencialidade e fragilidade, vulnerabilidade ao colapso hídrico, e Polígono das Secas. Além disso, foi produzida uma cartografia para caracterização dos recursos hídricos; foi realizado o cálculo da vulnerabilidade ao colapso hídrico; e posteriormente, as informações de colapso hídrico e as de Polígono das Secas foram sobrepostas cartograficamente. Constatou-se que a relação entre Polígono das Secas e vulnerabilidade ao colapso hídrico no Rio Grande do Norte, entre 2015 e 2017, gerou quatro recortes territoriais específicos: 1) municípios que não fazem parte do Polígono das Secas e que apresentam média vulnerabilidade ao colapso hídrico; 2) municípios que fazem parte do Polígono das Secas e que apresentam média vulnerabilidade ao colapso hídrico; 3) municípios que não fazem parte do Polígono das Secas e que apresentam alta vulnerabilidade ao colapso hídrico; e 4) municípios que fazem parte do Polígono das Secas e que apresentam alta vulnerabilidade ao colapso hídrico. Esses recortes evidenciaram que a discussão sobre Polígono das Secas e vulnerabilidade ao colapso hídrico, demandaram diferentes análises territoriais, principalmente para o planejamento e gestão dos recursos hídricos no Rio Grande do Norte.
Abstract: The Drought Polygon is a territory that characterizes the area of predominance of semiarid conditions in the Northeast region. In Rio Grande do Norte, the Drought Polygon covers more than 90% of the municipalities, which have a diversified water structure, with specific potentialities and fragilities. This high coverage of the Drought Polygon in the state has resulted in distinct levels of vulnerability to water collapse. Based on this context, the aim is to analyze the Drought Polygon and the vulnerability to water collapse in the territory of Rio Grande do Norte, from 2015 to 2017. To achieve this objective, a set of methodological procedures, of a theoretical and empirical nature, such as the construction of a theoretical and conceptual contribution on elements of water structure, potentiality and fragility, vulnerability to water collapse, and Polygon of Droughts. In addition, cartography was produced to characterize water resources; the calculation of vulnerability to water collapse was carried out; and later, the information of water collapse and those of Polygon of Droughts were superimposed cartographically. It was verified that the relationship between the Polygon of Droughts and vulnerability to water collapse in Rio Grande do Norte, between 2015 and 2017, generated four specific territorial cuts: 1) municipalities that are not part of the Drought Polygon and that present medium vulnerability to collapse water; 2) municipalities that are part of the Drought Polygon and that present medium vulnerability to water collapse; 3) municipalities that are not part of the Drought Polygon and that present high vulnerability to water collapse; and 4) municipalities that are part of the Drought Polygon and that present high vulnerability to water collapse. These cuts evidenced that the discussion about Drought Polygon and vulnerability to water collapse demanded different territorial analyzes, mainly for the planning and management of water resources in Rio Grande do Norte.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7845
Other Identifiers: 2013027088
Appears in Collections:Geografia (Bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DoPolígonodassecas_Silva_2018Monografia4.06 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.