Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7800
Title: Cenário de aquisição de alimentos no Restaurante Universitário da UFRN sob a perspectiva nutricional e sustentável
Authors: Souza, Sthephany Rayanne Gomes
Keywords: Nutrição sustentável;Sustentabilidade;Gêneros alimentícios;Restaurante Universitário
Issue Date: 28-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Sthephany Rayanne Gomes. Cenário de aquisição de alimentos no Restaurante Universitário da UFRN sob a perspectiva nutricional e sustentável. 2018. 70 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Nutrição. Natal, RN, 2018.
Portuguese Abstract: Em meio ao cenário de produção de alimentos atual e suas repercussões negativas sob o tripé da sustentabilidade, o profissional nutricionista, como gestor em alimentação coletiva, tem como responsabilidade não somente promover a nutrição através da oferta de alimentos, como também desenvolver em seu espaço de trabalho ações que envolvam a sustentabilidade. Desta forma, este trabalho teve por objetivo delinear o cenário de aquisição dos gêneros alimentícios utilizados no RU da UFRN sob a perspectiva nutricional e sustentável. Tratou-se de um estudo transversal de natureza descritiva e exploratória, com análise da aquisição de gêneros alimentícios do RU/UFRN entre os meses de março e abril de 2018. Os dados foram coletados segundo adaptações do Método para avaliação da Aquisição de Gêneros Alimentícios, com avaliação dos dados em três perspectivas (custo, qualidade nutricional e origem dos alimentos), utilizando documentos governamentais como guias decisivos à obtenção de resultados e discussões. Foi observado que mais da metade dos recursos voltaram-se a categoria dos produtos cárneos (50,8%). No que se refere a qualidade nutricional, o percentual de gêneros in natura ou minimamente processados (52,8%) mostraram-se superiores aos demais, entretanto, a presença de ultraprocessados ainda é elevada (32%). Quanto ao excesso de nutrientes, dos 59 produtos industrializados analisados, 49,2% contiveram excesso de sódio, 32,2% excesso de gorduras saturadas, 25,4% excesso de açúcares livres e 22% excesso de gorduras totais. Edulcorantes foram encontrados apenas no grupo do leite e seus derivados. No que se refere à presença de Organismos Geneticamente Modificados, apenas 6,4% do total de produtos analisados apresentaram alguma identificação de acordo com as legislações vigentes, expressivo no grupo dos óleos e gorduras vegetais e pescado. Com relação a origem dos gêneros, 48,8% foram classificados como produtos estaduais, 32% nacionais, 18,4% regionais e 0,8% internacionais. Os resultados apresentados indicam que o consumo demasiado de produtos cárneos, com alto grau de processamento e que necessitam de transporte por longas distâncias pode interferir nas questões sociais, ambientais e econômicas de uma população. Dentro do contexto, é perceptível a responsabilidade do profissional nutricionista na atuação de ações sustentáveis em sua prática como forma de exercer não somente a segurança alimentar e nutricional, como também, auxiliar no seguimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7800
Other Identifiers: 2015005624
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CenáriodeaquisiçãodealimentosnoRestaurante_Souza_2018
Restricted Access Until 2020-12-11
Se pretender realizar recortes dos resultados deste trabalho de conclusão de curso para a escrita de artigos científicos, sendo necessário que os resultados sejam inéditos.
Texto Completo1 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons