Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7772
Title: Alterações no sorriso e no corredor bucal após expansão rápida da maxila em crianças na dentadura mista
Authors: Barros, Maria Clara de Morais
Keywords: Técnica de expansão palatina;Dentição mista;Sorriso
Issue Date: 11-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BARROS, Maria Clara de Morais. Alterações no sorriso e no corredor bucal após expansão rápida da maxila em crianças na dentadura mista. 2018. 19 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Introdução: A expansão rápida da maxila (ERM) promove o aumento das medidas transversais do arco dentário superior. Portanto, é possível que a ERM promova alterações no sorriso e na quantidade de corredor bucal. Objetivos: Avaliar o efeito da expansão rápida da maxila na largura do sorriso e na largura e na área do corredor bucal de crianças na fase de dentadura mista diagnosticadas com atresia maxilar. Material e métodos: Cinco crianças na fase de dentadura mista e diagnosticadas com atresia maxilar foram tratadas com expansão rápida da maxila utilizando-se os expansores do tipo Hyrax ou Haas. O protocolo de ativação utilizado foi de um quarto de volta pela manhã e um quarto de volta à noite, durante 14 dias. Fotografias extraorais frontais de sorriso foram obtidas para cada paciente em dois momentos distintos: imediatamente antes da expansão (T1) e seis meses pós-expansão (T2), na ocasião da remoção dos expansores. Todas as fotografias foram importadas para o programa de computador ImageJ®, para a medição da largura do sorriso de canino a canino, da largura total do sorriso, da largura do corredor bucal à distal dos caninos, da largura do corredor bucal à distal dos últimos dentes visíveis, da área do corredor bucal à distal dos caninos e da área do corredor bucal à distal dos últimos dentes visíveis. As comparações interfases foram realizadas por meio do teste de Wilcoxon, adotando-se o nível de significância de 5%. Resultados: A ERM promoveu um aumento da largura do sorriso de canino a canino de 2,92 mm, um aumento da largura total do sorriso de 5,08 mm, uma diminuição do corredor bucal à distal dos caninos de 0,11 a 1,15 mm, uma diminuição do corredor bucal à distal dos últimos dentes visíveis de 0,26 a 0,46 mm, uma diminuição da área do corredor bucal à distal dos caninos de 3,01 a 11,62 mm2 e uma diminuição da área do corredor bucal à distal dos últimos dentes visíveis de 4,85 a 6,03 mm2. Conclusão: A expansão rápida da maxila parece promover um aumento da largura do sorriso e uma diminuição da largura e da área do corredor bucal, em crianças na fase de dentadura mista diagnosticadas com atresia maxilar. Entretanto, estudos com tamanho amostral maior são necessários para que os dados sejam representativos para a população.
Abstract: Objective: The aim of this study was to evaluate the effect of rapid maxillary expansion on the smile width and on the width and area of the buccal corridors of children in the mixed dentition diagnosed with maxillary constriction. Methods: Five children in the mixed dentition diagnosed with maxillary constriction were treated with rapid maxillary expansion using the Hyrax-type or the Haas-type expanders. The activation protocol used was a quarter turn in the morning and a quarter turn in the evening for 14 days. Frontal full-face smiling photographs were obtained for each patient immediately before expansion (T1) and six months post-expansion (T2), at the time of expanders removal. The photographs were imported into the ImageJ® software to measure the smile width from canine to canine, the total smile width, the buccal corridor width from the distal aspect of canines, the buccal corridor width from the distal aspect of the last visible posterior teeth, the buccal corridor area from the distal aspect of the canines and the buccal corridor area from the distal aspect of the last visible posterior teeth. The interphase comparisons were performed using Wilcoxon’s test, with a significance level of 5%. Results: The RME promoted an increase of 2.92 mm of the smile width from canine to canine, an increase of 5.08 mm of the total smile width, a decrease from 0.11 to 1.15 mm of the buccal corridor width from the distal aspect of canines, a decrease from 0.26 to 0.46 mm of the buccal corridor width from the distal aspect of the last visible posterior teeth, a decrease from 2.01 to 11.62 mm2 of the buccal corridor area from the distal aspect of the canines and a decrease from 4.85 to 6.03 mm2 of the buccal corridor area from the distal aspect of the last visible posterior teeth. Conclusion: Rapid maxillary expansion seems to promote an increase of the smile width and a decrease of the buccal corridor width and area in children in the mixed dentition diagnosed with maxillary constriction. However, further studies with larger sample size are necessary to generalize the results for the population.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7772
Other Identifiers: 2014059390
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC de Maria Clara 15 (1).pdf532.09 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons