Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7771
Title: Análise da condição de saúde bucal da população em situação de rua do município de Natal-RN
Authors: Martins, Silas Sarkiz da Silva
Keywords: Pessoas em Situação de Rua;Saúde Bucal;Diagnóstico Bucal
Issue Date: 5-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MARTINS, Silas Sarkiz da Silva. Análise da condição de saúde bucal da população em situação de rua do município de Natal-RN. 2018. 49f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) – Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Introduction: Due to the problem of social inequality, in recent decades there has been an increase in the number of homeless people (HP), who suffer from invisibility and social exclusion. The living conditions of this population pose several health risks. Oral health is among the main health problems mentioned, but there is a lack of epidemiological information that represents the specificities of this public. Objective: To study the oral health condition of HP in Natal-RN city. Methodology: Quantitative cross-sectional study, carried out at the Specialized Reference Center for HP (POP Center). 60 people were evaluated, randomly selected. A structured questionnaire about oral hygiene habits and diet was used, as well as oral clinical examination to verify the history and activity of caries (CPO-D), periodontal disease (CPI) and the occurrence of soft tissue lesions. The data were tabulated and analyzed descriptively in SPSS software. Results: The mean age was 41.43 years (± 11.19); the males corresponded to 86.7% and the females to 13.3%. About street's time, a mean of 7.42 years (± 8.29) was obtained. The CPO-D mean was 15.35, being the components decayed, lost and restored, respectively: 3.93; 9.13 and 2.30. The most prevalent periodontal condition, by sextant, was the dental calculus (mean = 3.82), followed by gingival bleeding (mean = 3.52), shallow pocket (mean = 1.27) and deep pocket (mean = 0, 40). In relation to the worst CPI score, it was found that 46.7% had a shallow pocket, 26.7% deep pocket, and 16.7% dental calculus. Of those examined, 15% had soft tissue lesions. Conclusion: The prevalence of caries and periodontal disease was high. It was noted a greater severity of these diseases and difficulty of access to dental care, noting that the way of life of this population influences the way the main oral diseases affect them.
Abstract: Introdução: Devido à problemática da desigualdade social, tem-se observado nas últimas décadas o aumento da chamada População em Situação de Rua (PSR), a qual sofre com a invisibilidade e a exclusão social. As condições de vida dessa população oferecem diversos riscos à sua saúde. A saúde bucal está entre os principais problemas de saúde referidos, porém há uma carência de informações epidemiológicas que represente as especificidades desse público. Objetivo: Estudar a condição de saúde bucal da PSR do município de Natal-RN. Metodologia: Estudo quantitativo do tipo transversal, realizados no Centro de Referência Especializado para PSR (Centro POP). Foram avaliadas 60 pessoas, selecionadas de forma aleatória. Utilizou-se um questionário estruturado sobre os hábitos de higiene bucal e dieta, além de exame clínico bucal para verificar a história e a atividade de cárie (CPO-D), doença periodontal (CPI) e a ocorrência de lesões em tecidos moles. Os dados foram tabulados e analisados descritivamente no software SPSS. Resultados: A média de idade foi de 41,43 anos (±11,19); o sexo masculino correspondeu a 86,7% e o feminino 13,3%. Sobre o tempo de rua, obteve-se uma média de 7,42 anos (±8,29). A média do CPO-D foi de 15,35, sendo os componentes cariados, perdidos e restaurados, respectivamente: 3,93; 9,13 e 2,30. A condição periodontal mais prevalente, por sextante, foi o cálculo dentário (média=3,82), seguido pelo sangramento gengival (média= 3,52), bolsa rasa (média=1,27) e bolsa profunda (média=0,40). Em relação ao pior escore do CPI, verificou-se que 46,7% apresentaram bolsa rasa, 26,7% bolsas profundas e 16,7% cálculo dentário. Dos examinados, 15% apresentaram lesões em tecidos moles. Conclusão: A prevalência de cárie e doença periodontal foi elevada. Notou-se uma maior severidade dessas doenças e dificuldade de acesso à assistência odontológica, constatando que o modo de vida dessa população influencia na forma como as principais doenças bucais repercutem sobre eles.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7771
Other Identifiers: 2014092492
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseDaCondicaoDeSaudeBucal_Martins_2018.pdf1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons