Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7747
Title: A percepção de licenciandos em música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sobre a música no tratamento em saúde mental nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS)
Authors: Albuquerque, Paulo Sérgio Lacerda de
Keywords: Música no CAPS. Saúde Mental. Musicoterapia. Música como terapia. Licenciatura em Música.;Music in CAPS. Mental Health. Music therapy. Music as therapy. Degree in Music.
Issue Date: 26-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ALBUQUERQUE, Paulo Sérgio Lacerda de. A percepção de licenciandos em música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sobre a música no tratamento em saúde mental nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). 2018. 40 f. Monografia - Curso de Licenciatura em Música, Escola de Música, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Inserido num ambiente de excessos de obrigações morais, o ser humano lida com cobranças internas e externas a respeito do seu próprio eu e sobre seu comportamento perante o convívio com outros seres, englobando, nessas relações, fatores como as esferas econômica, política e religiosa, causando tensões e conflitos no seu íntimo, possibilitando comprometimento à saúde mental do indivíduo. Em um longo percurso histórico, estigmas foram desconstruídos e preconceitos vencidos fazendo com que a loucura fosse reconhecida como transtorno mental, hereditários ou adquiridos, surgindo uma atenção específica aos cuidados das pessoas com sofrimentos psíquicos. Atualmente, numa conjuntura humanitária de tratamento, a partir das oficinas terapêuticas que são ofertadas pelos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Natal se insere nesse contexto como uma cidade Brasileira precursora na assistência à saúde mental, principalmente na utilização das artes no cuidado a pessoas com sofrimentos psíquicos, em específico a música, contando com momentos de canto coral, prática de conjunto e ensino de instrumento em plena atividade em 4 dos 5 CAPS existentes, segundo Albuquerque e Xavier (2017). Identificado como um campo para possíveis estudos e, posteriormente, atuação profissional, vi a oportunidade de investigar e analisar a percepção de licenciandos em música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) a respeito do uso da música no cuidado à saúde mental, a princípio de maneira global, bem como direcionado ao campo dos Centros de Atenção Psicossocial. Para alcançar a composição do espaço amostral, o presente trabalho teve como procedimento metodológico a pesquisa de levantamento do tipo Survey, sendo aplicado um questionário com o público alvo no cenário da Escola de Música da UFRN, numa abordagem mista (quantitativa e qualitativa) de estudo. A partir da análise dos dados é possível perceber um conhecimento raso e basilar sobre os assuntos envolvendo saúde e saúde mental, porém com saberes e experiências musicais em níveis essenciais para somar esforços com os profissionais da área da saúde atuantes nos CAPS a fim do construto no amplo de pesquisas e trabalho.
Abstract: Inserted in a ambient of surplus and moral obligations, the human deal with internal and external charges in respect about your own self and about your behavior towards the socializing with others beings, encompassing, in these relations factors such as economical sphere, politic sphere and religious sphere, causing tensions and conflicts in your intimate, enabling commitment to mental health of the individual. In a long historical journey, stigmas were deconstructed and prejudices defeated and making with that the madness were recognized as a mental disorder, hereditary or acquired, arising a specific attention to care of the people with psychic suffering. Actually, in a human conjuncture of care, starting at therapeutics workshops which are offer by psychosocial attention centers (CAPS), Natal is inserted as a brazilian city pionner in mental care, mainly at utilization of arts to care psychic suffering, in specific the music, counting with moments of choral singing and practice of joint and tutorship of instruments in fully activity in 4 of the 5 CAPS that exists, according to Albuquerque and Xavier (2017, p.5). Identified as a field for possible studies and, posteriorly, professional performance I saw the opportunity to investigate and analyze the perception of graduates in music of Universidade Federal do Rio Grande do Norte(UFRN) about the use of music to the mental health care, principle of a global way as well orientate to the field of psychosocial attention centers. To reach the composition of a sample space the present work had as methodological procedure the research of lifting like ´´survey``, being applied one quiz with the target audience at the scenario of Escola de Música da UFRN, in a mixed approach ( quantitative and qualitative) of study. Starting from the data analysis is possible realize a knowledge shallow and basic form the topics involving health and mental health, however with knowledge and musical experiences in essential levels to add up efforts with the professionals of health area acting at the CAPS related to construct in the broad field of research and work.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7747
Other Identifiers: 2014046631
Appears in Collections:Música (licenciatura)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Apercepçãodelicenciandosemmúsica_Albuquerque_2018.pdf584.24 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons