Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7720
Title: Caracterização do efluente de uma indústria de beneficiamento de carnes para auxiliar na concepção do sistema de tratamento e disposição final
Authors: Vidal, Maria Clara Portela
Keywords: Caracterização;Salinidade;Tratamento de efluentes;Efluente Industrial;Industria de beneficiamento de carnes
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: VIDAL, Maria Clara Portela.Caracterização do efluente de uma indústria de beneficiamento de carnes para auxiliar na concepção do sistema de tratamento e disposição final. 2018. 21f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Centro de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: As indústrias de beneficiamento de carne geram efluentes com alta carga orgânica e alto teor salino cuja caracterização e tratamento ainda não foram suficientemente abordados. Sabendo da relevância desse setor industrial para o país e mais especificamente para a região Nordeste, grande responsável pela produção de carne de sol e de charque, o presente estudo tem o objetivo de caracterizar quantitativa e qualitativamente o efluente proveniente de uma indústria de beneficiamento de carnes e analisar os problemas associados a este para auxiliar na concepção do sistema de tratamento e no método de disposição final. Foi realizado um diagnóstico do processo produtivo, medições de vazão e análises laboratoriais. Os resultados mostraram variações de vazão significativas, indicando a necessidade de equalizar esse efluente, uma alta concentração de salinidade (105,3 g/L), que pode interferir na biodegrabilidade do efluente e uma alta concentração de matéria orgânica (DBO) (7256,3 mg/L). A análise de íons apontou um alto risco de sodificação do solo, podendo ser consideradas como alternativa para disposição final a evaporação do efluente ou a construção de wetlands com culturas resistentes ao sal. Alterações no processo produtivo poderiam simplificar a concepção do Sistema de Tratamento através da redução dos impactos negativos oriundos das variações hidráulicas, carga orgânica, salinidade e da volumetria atual.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7720
Other Identifiers: 2013014141
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CaracterizaçãoEfluente_Vidal_2018.pdf371.51 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons