Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7670
Title: Comparação do nível de confiança para realização de atividades diárias pré e pós reabilitação vestibular
Other Titles: Comparison of the level of confidence to perform daily activities before and after vestibular rehabilitation
Authors: Araújo, Maria Izabel Bakker de
Keywords: Tontura. Vertigem. Reabilitação. Questionário. Doenças do Labirinto.
Issue Date: Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Maria Izabel Bakker. Comparação do nível de confiança para realização de atividades diárias pré e pós reabilitação vestibular. 2018. 63p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro de Ciências da Saúde. Departamento de Fonoaudiologia. Natal, RN, 2018.
Portuguese Abstract: Introdução: A tontura e o desequilíbrio são prevalentes na população atual. Visando reduzir os sintomas vestibulares, a reabilitação vestibular (RV) surge como opção terapêutica. Questionários são utilizados para avaliar a interferência dos sintomas vestibulares, e dentre eles, destaca-se o The Activities-specific Balance Confidence Scale (ABC Scale) que avalia o nível de confiança dos indivíduos em realizar atividades diárias que envolvem o equilíbrio, atuando como preditor de risco de quedas. Objetivo: Comparar o nível de confiança do paciente vestibulopata em realizar atividades que envolvam o equilíbrio pré e pós RV. Método: Trabalho aprovado pelo comitê de ética em pesquisa (parecer 1.808.228). Trata-se de um ensaio clínico, classificado como estudo de intervenção analítico, longitudinal, individuado. Participaram 14 indivíduos, de ambos os sexos, portadores de vestibulopatia periférica. Foi aplicado o ABC Scale nas condições pré e pós RV. Os dados foram analisados de forma descritiva pelos testes Exato de Fisher, t-Sudent e o modelo linear de efeitos mistos. Resultados: A amostra se caracterizou por 78.57% do sexo feminino e 21.43% do sexo masculino, com média de idade de 59.21 anos. Não foram verificadas correlações entre as variáveis sexo, idade e número de sessões terapêuticas. Foi observada evidência de diferença estatística quando comparados os resultados do ABC Scale nas condições pré e pós RV (p<0.0001). Pôde-se observar também um elevado nível de confiança dos pacientes pós RV. Conclusão: Conclui-se que houve evidência de diferença estatística referente ao tempo no ABC Scale, nas condições pré e pós reabilitação vestibular e em cada item individual da escala. Observou-se predomínio do elevado nível de confiança dos pacientes, na situação pós RV, revelando a efetividade deste tratamento para os casos de vestibulopatias estudados.
Abstract: Background: Dizziness and imbalance are prevalent in the current population. In order to reduce vestibular symptoms, vestibular rehabilitation (VR) appears as therapy. In order to evaluate the interference of vestibular symptoms, the most important is the The Balance-Specific Confidence Scale (ABC Scale), which assesses individuals' level of confidence in performing daily activities involving balance, acting as a predictor of risk of falls. Objective: To compare the level of confidence of the vestibular patient in performing activities involving pre and post VR balance. Method: Work approved by the research ethics committee (opinion 1,808,228). This is a clinical trial, classified as a longitudinal, individuated analytical intervention study. Participants were 14 individuals of both sexes, with peripheral vestibular disease. The ABC Scale was applied in pre and post VR conditions. The data were analyzed in a descriptive way by Fisher's exact test, t-Sudent and the mixed effects linear model.Results: The sample was characterized by 78.57% female and 21.43% male, with a mean age of 59.21 years. No correlation was found between the variables gender, age and number of therapeutic sessions. Evidence of statistical difference was observed when comparing the ABC Scale results in pre and post VR conditions (<0.0001). It was also possible to observe a high level of confidence in post-VR patients. Conclusion: It was concluded that there was evidence of statistical difference regarding time in the ABC Scale, in pre and post vestibular rehabilitation conditions and in each individual item of the scale. The high level of confidence of the patients was observed in the post-VR situation, revealing the effectiveness of VR for the cases of vestibulopathies studied.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7670
Other Identifiers: 20150117276
Appears in Collections:Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Comparação do nível de confiança para realização de atividades_TCC_2018
Restricted Access Until 2019-12-30
Este trabalho de conclusão de curso foi formatado como artigo científico e foi submetido para análise da Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Portanto solicitamos a divulgação do mesmo apenas após publicação na referida revista.
Texto Completo984,54 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons