Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7661
Title: Processamento sísmico de reflexão: o dado BP 2014.
Authors: Santos, Bruno Barauna dos
Keywords: Processamento de dados;Sísmica de reflexão;Filtragem FK
Issue Date: 29-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, Bruno Barauna dos. Processamento sísmico de reflexão: o dado BP 2014. 2018. 59f. Relatório Graduação em Geofísica) - Departamento de Geofísica, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A sísmica de reflexão é classificada como um método indireto de exploração de subsuperfície, principalmente aplicada para exploração de jazidas de hidrocarbonetos. Dentre suas vantagens, tem como capacidade gerar imagens sísmicas com a melhor definição possível das feições geológicas, além de permitir a cobertura de grandes áreas de aquisição, quando comparado com o método direto de perfuração de poços. Essa área da geofísica possibilita para engenharia do petróleo, um avanço na exploração e identificação de jazidas. A sísmica de reflexão compreende ao trio: aquisição, processamento e interpretação. Sem falar que, todas essas etapas sempre devem estar correlacionadas com a geologia da área de interesse. Durante a aquisição dos dados os receptores recebem sinais, que são respostas das reflexões, porém parte deles compreendem a ruídos que podem ser coerentes ou não. Em virtude disso é que o processamento é parametrizado com o intuito de remover esses ruídos e gerar a imagem de uma seção sísmica que possa ser interpretada e que a mesma seja pertinente com a geologia da área analisada. Para esse trabalho foi usado um dado sintético, baseado num levantamento sísmico marinho 2D, representando a complexa geologia do Mar Cáspio. A região conta com unidades saturadas em gás, compreendendo a anomalias superficiais localizadas. No dado é bem evidenciada a reflexão múltipla de primeira ordem. Na realização do processamento foi usado o software ProMAX/SeisSpace da Landmark/Halliburton, de versão acadêmica 5000.10.0.4 contratual tipo Grant com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). As etapas do processamento consistiram em: correção de divergência esférica, deconvolução Spiking, filtragem FK, correção de Normal MoveOut (NMO), silenciamento (mute), correção de Dip MoveOut (DMO), estaqueamento e migração Kirchhoff em tempo. Além dessas etapas, foram realizadas análises de velocidades que é aplicada em alguma dessas etapas e de extrema importância para todo processamento. Na filtragem FK, as múltiplas não foram removidas, e sim levemente atenuadas. Isso deve-se ao fato de que o intervalo de tempo entre a reflexão primária e sua múltipla de primeira ordem é muito curto, além da falta de contrastes de velocidade no painel semblance que possam identificá-las. Além de que por muitas vezes esses eventos não são distinguidos no painel semblance. Em virtude desse resultado, as múltiplas foram devidamente sinalizadas para que não sejam interpretadas como uma interface geológica. Foram aplicados ganhos e filtros na seção migrada. Os resultados foram bastantes satisfatórios, visto que logrou uma boa qualidade de informação para o modelo geológico que foi idealizado.
Abstract: Reflection seismic is classified as an indirect method of exploration of subsurface, mainly applied for exploration of hydrocarbon deposits. Among its advantages, it has the capacity to generate seismic images with the best possible definition of the geological features, besides allowing the coverage of large areas of acquisition, when compared to the direct method of well drilling. This area of geophysics enables petroleum engineering to advance exploration and identification of deposits. The reflection seismic comprises the trio: acquisition, processing and interpretation. Not to mention, all these steps must always be correlated with the geology of the area of interest. During the acquisition of the data receivers receive signals, which are responses of the reflections, but part of them comprise the noises that may be coherent or not. If so, it is necessary the parameterized processing in order to remove the errors and generate an image of a seismic session that can be interpreted and that is also pertinent with the geology of the analyzed area. For this work, a synthetic data, based on a 2D marine seismic survey, was used, representing the complex geology of the Caspian Sea. The region has units saturated in gas, comprising the localized superficial anomalies. In the data is well evidenced the multiple reflection of first order. In the processing, Landmark / Halliburton's ProMAX / SeisSpace software was used, with a grant type academic version 5000.10.0.4 with the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN). Processing stages consisted of: spherical divergence correction, Spiking deconvolution, FK filtering, Normal MoveOut (NMO) correction, mute, Dip MoveOut (DMO) correction, stacking and Kirchhoff migration in time. In addition to these steps, velocity analysis was performed, which is applied in some of these stages and of extreme importance for all processing. In the FK filtration, the multiple were not removed, but slightly attenuated. This is due to the fact that the time interval between the primary reflection and its first-order multiple is very short, as well as the lack of velocity contrasts in the semblance panel that can identify them. Besides that for many times, these events are not distinguished in the semblance panel. Due to this result, the multiple were properly signaled so that they were not interpreted as a geological interface. Gains and filters were applied to the migrated section. The results were quite satisfactory, since it achieved a good quality of information for the geological model that was idealized.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7661
Other Identifiers: 20150130302
Appears in Collections:Geofísica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relatório_Bruno_Barauna_Oficial.pdf5.14 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons