Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7646
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLeão, Paulo Roberto Dantas de Souza-
dc.contributor.authorOest, Guilherme Bezerra Venâncio Magalhães-
dc.date.accessioned2018-12-04T23:19:43Z-
dc.date.available2018-12-04T23:19:43Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier2008009068pt_BR
dc.identifier.citationOEST, Guilherme Bezerra Venâncio Magalhães. Admissibilidae da prova ilícita no processo penal. 2013. 21f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia), Departamento de Direito, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7646-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.subjectRelativização de direitospt_BR
dc.subjectProporcionalidadept_BR
dc.subjectVerdade realpt_BR
dc.subjectProvas derivadaspt_BR
dc.titleAdmissibilidae da prova ilícita no processo penalpt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.contributor.referees1Leão, Paulo Roberto Dantas de Souza-
dc.description.resumoApresentada como uma garantia processual concedida ao cidadão contra o poderdiscricionário do Estado, a inadmissibilidade do uso da prova ilícita no processo penal seafirma subsidiada por princípios e garantias constitucionais. Porém, através da relativizaçãodos direitos promovida pelo princípio da proporcionalidade, com argumentos de políticascriminais, e reinterpretação legislativa, pode-se vislumbrar o uso de provas ilicitamenteproduzidas em determinadas situações, provando que em determinados casos, o uso da provailícita é a melhor maneira de se alcançar o ideal de justiça.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentDireitopt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Admissibilidae_Oest_2013.pdf232.58 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.