Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7552
Title: Serviço social e dependência química no contexto contemporâneo: análise da atuação das comunidades terapêuticas
Authors: Laurentino, Paula Gabriela
Keywords: Comunidades terapêuticas;Estado;Dependência química
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LAURENTINO, Paula Gabriela. Serviço social e dependência química no contexto contemporâneo: análise da atuação das comunidades terapêuticas. 2014. 79f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: O presente Trabalho de Conclusão de Curso analisa a atuação das Comunidades Terapêuticas na contemporaneidade, principalmente a função social que essas assumem na sociedade com o afastamento do Estado diante de sua responsabilização na promoção de políticas públicas de atenção à dependência química. Constatamos que nas ações voltadas à saúde mental, predominaram no decorrer da história, ações baseadas em modelos manicomiais, na internação em Hospitais Psiquiátricos marcadas pela negação de direitos humanos. Na atualidade as estratégias de atenção à dependência química e o uso abusivo de drogas se configuram pela escassez de ações por parte do Estado. Algumas dessas formas de tratamento, apesar do avanço sobre a temática, ainda não consideram as necessidades sociais dos sujeitos que buscam as instituições para a recuperação do uso das substâncias psicoativas. Esse trabalho tem como objetivo discutir sobre as configurações das políticas direcionadas a dependência química, também analisando o contexto histórico dessas iniciativas de atenção no Brasil. Apresentamos o levantamento das ações de natureza pública, como também, a realidade específica do trabalho de uma Comunidade Terapêutica do Rio Grande do Norte. Realizamos uma análise de abordagem quanti-qualitativa, onde utilizamos o levantamento documental em nível nacional e regional para dimensionar as ações de cunho público, filantrópico e privado na política de atenção ao uso abusivo de drogas, como as estratégias de prevenção, bem como as de tratamento aos dependentes químicos. Também foi realizada uma visita à instituição do RN para contribuir com o desenvolvimento desse estudo. Através da análise foi possível apreender que mesmo que a problemática das drogas afetem todas as classes sociais, a que é mais prejudicada nesse contexto é a classe trabalhadora, pois é essa que necessita dos serviços ofertados pelo Estado e pelo “Terceiro Setor” que tem ofertado de forma precária.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7552
Other Identifiers: 2011044651
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ServiçoSocial_Laurentino_2014.pdf817.85 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.