Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7474
Title: Afinal, o que é o serviço social na saúde? E o assistente social, o que faz?
Authors: Cortez, Lilian da Silva
Keywords: Serviço social;Saúde;Projeto profissional;Atuação profissional
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CORTEZ, Lilian da Silva. Afinal, o que é o serviço social na saúde? E o assistente social, o que faz?. 2013. 118f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: Apresenta e analisa os resultados da pesquisa-ação ―O SERVIÇO SOCIAL NO HLA: a percepção dos profissionais acerca da profissão‖, realizada no Hospital Luiz Antonio, unidade I, da Liga Norte Riograndense contra o câncer. Tal pesquisa teve como objetivos identificar e analisar a percepção dos(as) profissionais do HLA acerca do Serviço Social; comparar a percepção do Serviço Social e as atribuições do(a) Assistente Social identificadas no HLA com as atribuições propostas pelos Parâmetros para Atuação de Assistente Social na Saúde; oferecer subsídios que pudessem viabilizar a realização de ações próprias do Serviço Social na atualidade. Aplicamos 28 (vinte e oito) questionários com os(as) trabalhadores(as) que atuam direta ou indiretamente com os(as) assistentes sociais: recepcionistas (4); porteiros (4), administradora (1); secretários/as (3), técnicos/as de enfermagem (6), enfermeiros/as (5), médicos/as (1), fonoaudióloga (1), fisioterapeuta (1), nutricionista (1) e psicólogo/a (1) que fazem parte da equipe multiprofissional, para identificarmos qual a percepção que eles(as) tinham acerca do Serviço Social, se os(as) mesmos(as) conheciam ou não as atribuições e competências dos(as) assistentes sociais. Tabulamos e analisamos os dados, a partir da perspectiva crítico-dialética por entendermos a sua importância na análise da realidade social, uma vez que nos permite desvelar a realidade a partir da utilização das categorias de totalidade, contradição e mediação. Diante do resultado encontrado elaboramos e realizamos 02 (duas) palestras, acerca da profissão, conforme a Lei 8.662/93, que a regulamenta e os Parâmetros para Atuação de Assistente Social na Saúde. Os resultados demonstraram que os(as) trabalhadores(as) desconheciam as atribuições e competências dos(as) assistentes sociais, conforme o arcabouço jurídico e normativo da profissão. As ações que eles(as) relacionaram como atribuições e competências são aquelas que a assistente social desenvolve na instituição e, em sua maioria, são aquelas que os parâmetros definem como não sendo atribuição nem competência do(a) profissional. Além disso, os(as) trabalhadores(as) têm uma visão assistencialista da profissão, distante da perspectiva do direito. Tal realidade nos coloca como desafio, rompermos com o pragmatismo, e fazermos conhecida a nossa profissão através do fazer cotidiano, voltado à ampliação dos direitos sociais, a emancipação humana, a qualidade dos serviços oferecidos e na articulação com os(as) demais profissionais nas áreas em que atuamos.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7474
Other Identifiers: 2010032748
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Afinal, o que é serviço_Cortez_2013.pdfMonografia em serviço social1.31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.