Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7463
Title: O estado e a acumulação de capital em tempos de megaeventos esportivos
Authors: Silva, Raquel Cardozo da
Keywords: Copa do mundo;Questão urbana;Segregação sócioespacial
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Raquel Cardozo da. O estado e a acumulação de capital em tempos de megaeventos esportivos. 2013. 94f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: A presente monografia tem por objetivo discutir o processo de reestruturação urbana no contexto de crise do capital, de busca de saídas para alavancar novo ciclo de crescimento econômico e dentro deste analisar o papel do Estado e do fundo público na valorização fundiária e imobiliária de determinada regiões e porções das cidades a partir da instalação de infraestruturas, de construção de equipamentos de lazer, de projetos de “renovação” e de mobilidade urbana, inscritos na dinâmica de preparação das cidades brasileiras para acolher grandes eventos esportivos. Partiremos do caso de Natal e enfocaremos particularmente as intervenções relacionadas com a organização em nosso país da Copa do Mundo em 2014. A pesquisa compreende análise de documentos e de matérias publicadas em sites. Ainda que o ritmo de realização das principais obras em Natal seja considerado lento pela população em geral e pela mídia, os efeitos destas intervenções em termos de valorização do solo urbano e de crescimento da segregação já podem ser constatados. A preparação da cidade para a copa e para os jogos olímpicos de 2016 segue a lógica destacada por OSMONT (201) de buscar construir uma cidade eficaz. Para tanto, os investimentos são concebidos por um lado como atrativos para captar de capitais transnacionais capazes de gerar empregos, renda e de ampliar o recolhimento de impostos no nível local e, por outro, como ações modernizadoras e de renovação urbana passiveis de efeitos sobre o sentimento de pertencimento à cidade. Interessa-nos problematizar os efeitos de investimentos de tal monta no cotidiano da cidade e em especial nas condições de vida da classe trabalhadora urbana, que já vive em condições precárias, nas periferias da cidade, e segregada nas áreas de maior carência de infraestrutura e de serviços urbanos.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7463
Other Identifiers: 2009027540
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Estado e acumulação_Silva_2013.pdfMonografia em serviço social1.9 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.