Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7448
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Abrahão Sanderson Nunes Fernandes da-
dc.contributor.authorAzevedo, Lenilson Silva de-
dc.date.accessioned2018-10-11T10:47:41Z-
dc.date.available2018-10-11T10:47:41Z-
dc.date.issued2018-09-18-
dc.identifier20172007842pt_BR
dc.identifier.citationAZEVEDO, Lenilson Silva de. Sítio Arqueológico Pedra Lavrada: reflexões sobre a preservação do Patrimônio Cultural em Ouro Branco-RN. Monografia. Caicó-RN. UFRN, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7448-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsCC0 1.0 Universal*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/publicdomain/zero/1.0/*
dc.subjectSítio Arqueológico Pedra Lavrada.pt_BR
dc.subjectPatrimônio.pt_BR
dc.subjectMemória.pt_BR
dc.subjectIdentidade.pt_BR
dc.subjectSertão.pt_BR
dc.titleSítio Arqueológico Pedra Lavrada: reflexões sobre a preservação do Patrimônio Cultural em Ouro Branco-RNpt_BR
dc.typepostGraduateThesispt_BR
dc.contributor.referees1Silva, Abrahão Sanderson Nunes Fernandes da-
dc.contributor.referees2Fernandes, Paula Rejane-
dc.description.resumoO trabalho ora proposto é um estudo sobre o sítio Arqueológico Pedra Lavrada, localizado no sertão da região Seridó, Rio Grande do Norte, no município de Ouro Branco, no leito do riacho Santa Maria (rio Raposa), o qual guarda um importante patrimônio cultural formado por diversos registros de arte rupestre esculpidas nas rochas. Partindo da ideia de que referido acervo arqueológico é resultado do processo historicamente construído, no tempo e no espaço, faz-se uma reflexão acerca de sua patrimonialização para a preservação da memória e da construção da identidade de um povo a partir de sua herança derivada de práticas sociais operadas desde a pré-história. Num primeiro momento, faz-se uma caracterização do sítio arqueológico, aliada à sua referência enquanto lugar de memória, e as ferramentas legais disponíveis para a sua proteção. A partir de uma perspectiva interdisciplinar, procede-se a uma análise acerca da socialização do conhecimento arqueológico, por meio da educação patrimonial, como ferramenta para a sensibilização da comunidade, com vistas à sua valorização e conservação, ressaltando o potencial do sítio para o desenvolvimento do Turismo Arqueológico (ou Arqueoturismo) e do Ecoturismo, elementos ligados à noção de pertencimento que propicia o seu uso sustentável, perfazendo-se o Patrimônio Sertanejo como um elemento identitário. Outra importante proposta relaciona-se à utilização do sítio arqueológico Pedra Lavrada como ferramenta pedagógica no âmbito do ensino de História nas escolas públicas locais, especificamente nas temáticas relacionadas à Pré-História, a partir de reflexões das memórias ligadas à formação do território da região Seridó e especificamente do município de Ouro Branco. Perfaz-se, assim, uma importante contribuição para a sistematização das informações sobre o sítio arqueológico Pedra Lavrada, por meio de apontamentos para a sua apropriação pela comunidade, como elementos definidores de ações para a preservação e conservação desse patrimônio.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEspecialização em História dos Sertõespt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.contributor.referees3Andrade, Juciene Batista Félix-
Appears in Collections:CERES - Especialização em História dos Sertões

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_SitioArq_Azevedo_2018.pdf2.27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons