Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7412
Title: A aplicação da convenção de Montego Bay na exploração da camada do Pré-sal
Authors: Costa, Rafaela Romana de Carvalho
Keywords: Convenção de Montego Bay;Pré-sal;Área internacional;Plataforma continental
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Rafaela Romana de Carvalho. A aplicação da convenção de Montego Bay na exploração da camada do Pré-sal. 2014. 63f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito), Departamento de Direito, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: O presente trabalho tem como escopo analisar a aplicação da Convenção de Montego Bay na exploração de petróleo na camada do Pré-sal e quais as consequências para o Brasil ao utilizar tal legislação internacional. A fim de entender a exploração petrolífera da camada do Pré-sal, será analisado o novo marco regulatório instituído como meio de regulação da área do Pré-sal localizada até o limite da Plataforma Continental brasileira. Importante destacar também até que ponto se estende a soberania brasileira na exploração de recursos minerais de acordo com a Convenção das Nações Unidades sobre Direito do Mar. Após a análise desses conceitos, através de uma metodologia teórico-descritiva, especialmente por meio de leituras bibliográficas sobre a exploração de petróleo em mar, além de uma pesquisa focada na relação entre o Direito Internacional e o direito doméstico, percebe-se que a aplicação desta Convenção internacional acarreta, para seus Estados Membros, especialmente para o Brasil, diversos pontos positivos e negativos. Tais pontos serão analisados sob a perspectiva de atuação da Autoridade Internacional na Área, local onde o Brasil não possui soberania para explorar, tendo em vista ser considerada patrimônio comum da humanidade; será observado, também, a questão do limite da Plataforma Continental brasileira e sua possível extensão, o que permite ao país uma exploração mais abrangente na camada do Pré-sal; além disso, importante destacar as consequências do não cumprimento de um acordo internacional; e a situação daqueles países que não ratificaram a Convenção de Montego Bay e a possível exploração desses na camada do Pré-sal.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7412
Other Identifiers: 2009018559
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RafaelaRCC_Monografia.pdf930.51 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.