Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7393
Title: O desafio de regulamentar a economia de compartilhamento: o caso do Airbnb face ao direito à moradia
Authors: Silveira, Ilana Rafaela da Silva Pereira
Keywords: Direito à moradia;Gentrificação;Economia compartilhada;Airbnb;Hermenêutica Constitucional
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVEIRA, Ilana Rafaela da Silva Pereira. O desafio de regulamentar a economia de compartilhamento: o caso do Airbnb face ao direito à moradia. 2018. 61f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito), Departamento de Direito, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: As práticas da Economia do Compartilhamento são cada vez mais frequentes e apresentam uma grande variedade de possibilidades e interpretações. Por isso, têm sido alvo de debates sobre seus significados e implicações. Nessa perspectiva, o presente estudo tem por escopo analisar, sob a ótica constitucional e legal, a implementação da Economia Compartilhada, mais especificamente, dos aplicativos que permitem o compartilhamento de imóveis, a exemplo do Airbnb, face ao direito à moradia. Através de pesquisa empírica, pretende-se: 1. Apresentar a relação entre os modelos socioeconômicos e o surgimento da Economia Compartilhada; 2. Definir o conceito da Economia Compartilhada, seus modelos e impactos na sociedade; 3. Analisar a necessidade de interferência do Estado através da regulamentação da Economia Compartilhada; 4. Discutir os reflexos do Airbnb no direito à moradia e no processo de gentrificação, apresentando como caso concreto a experiência internacional e os impasses regulatórios no Brasil. Considerando esses levantamentos, encontra-se as definições para a problemática central dessa investigação: A Economia Compartilhada, especialmente o modelo do Airbnb, encontra amparo no ordenamento jurídico brasileiro? É possível que essa plataforma de locação impulsione o processo de gentrificação? A identificação do problema da pesquisa foi feita com base na ideia da força normativa da Constituição e da necessidade de regulação dos processos que envolvem o Sistema da Economia Compartilhada. Conclui-se que o Brasil ainda precisa avançar na implementação desse novo modelo de negócios, logo, a regulamentação do aplicativo Airbnb ainda possui uma série de enfrentamentos a serem superados, os quais devem ser projetados sob a ótica constitucional, sem desconsiderar as contribuições das experiências de outros países que encontraram formas de conciliar as exigências do mercado com os institutos jurídicos, como a tutela da moradia.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7393
Other Identifiers: 2013065712
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O desafio de regulamentar_Silveira_2018.pdf1.09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.