Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7331
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLanzillo, Anderson Souza da Silva-
dc.contributor.authorBrito, Raquel Teixeira de-
dc.date.accessioned2018-09-20T22:51:38Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier2015000109pr_BR
dc.identifier.citationBRITO, Raquel Teixeira de. A responsabilidade civil da indústria petrolífera em caso de vazamento de hidrocarboneto no mar territorial. 2018. 53f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito), Departamento de Direito, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7331-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsembargoedAccesspr_BR
dc.subjectResponsabilidade civilpr_BR
dc.subjectDano ambientalpr_BR
dc.subjectIndústria do Petróleo e Gás Natural (IPGN)pr_BR
dc.subjectReparaçãopr_BR
dc.subjectMar Territorialpr_BR
dc.titleA responsabilidade civil da indústria petrolífera em caso de vazamento de hidrocarboneto no mar territorialpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.description.embargo2021-07-20-
dc.contributor.referees1Lanzillo, Anderson Souza da Silva-
dc.contributor.referees2Mendonça, Fabiano André de Souza-
dc.description.resumoO objetivo desta monografia é analisar a responsabilidade civil aplicada aos agentes da IPGN em caso de vazamento de hidrocarbonetos no mar, assim como perscrutar a atuação da Indústria do Petróleo e Gás Natural (IPGN) offshore e os mecanismos de prevenção e reparação de dano ambiental, previstos em normas e princípios delineados pelo Direito Ambiental, ou seja, pela tutela jurídica do meio ambiente. Isto se justifica em virtude das atividades desenvolvidas pela IPGN serem potencialmente nocivas ao meio ambiente, visto que a exploração, produção e transporte do petróleo no ambiente marinho, mar territorial, são potenciais vetores de danos ambientais. Desse modo, através do método teórico-descritivo fora traçado um panorama com os marcos histórico da atuação da indústria petrolífera offshore com suporte na doutrina e delimitando aspectos regulatórios pertinentes ao setor; fora dispostos os contornos ambientais previstos tanto pela doutrina quanto na legislação; e por último, adentramos na questão da responsabilização dos agentes causadores de danos no setor petrolífero, abordando desde a previsão doutrinária e legislativa, à casos exemplificativos desse tipo de dano, onde para tanto, realizamos pesquisas em sítios eletrônicos com o intuito de buscar os casos mais conhecidos de derrames de hidrocarbonetos no mar. Portanto, considerando todo o apanhado, conclui-se, que a responsabilidade civil das empresas exploradoras de petróleo no mar se mostra como responsabilidade objetiva na modalidade do risco integral, visto que consideramos tão somente o dano a interesses difusos decorrentes de lesão ao meio ambiente.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentDireitopr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Alves, Fabrício Germano-
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ResponsabilidadeCivil_Brito_2018.pdf956,01 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.