Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7302
Título: A dimensão formativa no estágio não obrigatório no curso de Serviço Social da UFRN
Autor(es): Menezes, Juliana Ribeiro da Silva de
Palavras-chave: Formação profissional;Estágio não obrigatório;Serviço Social
Data do documento: 2018
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: MENEZES, Juliana Ribeiro da Silva de. A dimensão formativa no estágio não obrigatório no curso de Serviço Social da UFRN. 2018. 114f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo geral analisar como se materializa a dimensão formativa no estágio não obrigatório no curso de Serviço Social da UFRN. Os objetivos específicos se constituíram em analisar o processo de supervisão direta acadêmica e de campo no estágio não obrigatório, compreender em que medida as condições do trabalho docente tem influenciado na supervisão direta acadêmica do estágio não obrigatório e investigar o impacto da remuneração do estágio não obrigatório na vida dos/as discentes. Para alcançar os objetivos propostos, foi realizada uma pesquisa bibliográfica acerca do histórico da concepção de formação profissional no Serviço Social. Em seguida, foi feita uma síntese do significado do estágio. Além disso, foi pesquisado sobre a supervisão de estágio no Serviço Social. Esses estudos foram importantes para apreender o que já vem sendo acumulado sobre a temática, bem como para realizar a análise do material alcançado por meio da pesquisa de campo. A coleta de dados da pesquisa se constituiu em três principais momentos. No primeiro momento foram aplicados questionários com os/as discentes que estão em estágio não obrigatório ou que já passaram pela experiência. No segundo momento, foram aplicados questionários como os/as docentes. No terceiro momento, realizou-se uma entrevista com a Coordenação de Estágio do curso. Os resultados demonstraram que o desenvolvimento do estágio não obrigatório no curso de Serviço Social da UFRN perpassa por inúmeras limitações. Contudo, apesar de todas as dificuldades postas encontramos uma avaliação positiva, tanto por partes dos discentes quanto pela Coordenação de Estágio, de que os estágios não obrigatórios estão contribuindo para a formação em profissional dos/as discentes, e essa avaliação é importante para nós, tendo em vista que este estudo busca analisar a dimensão formativa dessa experiência pedagógica. A aproximação com o cotidiano de trabalho tem permitido aos/as estudantes uma análise da realidade social e das suas complexidades e contradições, assim como da população usuária, de suas demandas e necessidades sociais, e isso é extremamente rico para esse momento de formação. A partir das análises, percebemos o grande potencial que essa modalidade apresenta para a formação profissional, bem como para o aprendizado de competências e habilidades necessárias ao assistente social.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7302
Outros identificadores: 2014020911
Aparece nas coleções:Serviço Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
A dimensão formativa_Menezes_2018.pdfMonografia970,11 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.