Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7267
Title: Avaliação do desenvolvimento motor de escolares de 8 a 12 anos na rede municipal de ensino da cidade de Parnamirim/RN
Authors: Silva, Francilmar Soares da
Keywords: Psicomotricidade;Desenvolvimento motor
Issue Date: 22-Jul-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Francilmar Soares da. Avaliação do desenvolvimento motor de escolares de 8 a 12 anos na rede municipal de ensino da cidade de Parnamirim/RN. 2018. 18f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Psicomotricidade Clínica e Escolar) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Educação Física, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Natal, RN, 2018.
Portuguese Abstract: Nos últimos anos alguns estudiosos procuram entender qual o grau de relação do sistema cognitivo e o sistema locomotor, visando o entendimento de algumas necessidades especiais de aprendizagem que alguns indivíduos em idade escolar necessitam, a necessidade de nós professores em lidar com habilidades perceptivo motoras vem crescendo a cada dia, e é de fundamental importância que possamos entende-las para que o nosso trabalho seja de excelência, no que diz respeito ao desenvolvimento motor e cognitivo do indivíduo, sendo assim, esse trabalho, visa entender, como o desenvolvimento motor pode afetar o desenvolvimento cognitivo de indivíduos em idade escolar através de testes motores, para que assim, possamos intervir com mais segurança e propriedade, fazendo com que os alunos melhorem seu desempenho escolar em todos os aspectos. Para Silveira et al. (2005) um dos principais problemas enfrentados por um professor Educação Física que estar à frente de turmas numerosas é o de lidar com as diferenças de um aluno para o outro. Essas diferenças não estão associadas apenas ao jeito de ser, mas compreende também aos padrões de capacidades inatas que os alunos possuem quando realizam as atividades propostas nas aulas. Dessa forma como os alunos são diferentes é exigido que o professor utilize de várias estratégias para tornar o ensino uma prática eficaz para todos. Segundo Rosa Neto et al. (2010) as principais razões que vem elevando o interesse para o estudo do desenvolvimento motor e cognitivo é a relação entre o que a criança tem capacidade de aprender (cognitivo) e os movimentos que ela seja capaz de realizar (motor). Ainda referenciando o autor, o desenvolvimento motor é um processo que ocorre diretamente relacionado a idade que o indivíduo possui, as suas relações biológicas e as condições do ambiente em que o mesmo está inserido. No período da infância ocorre o desenvolvimento das habilidades motoras, que ajudam a criança a ter o domínio de seu corpo em todas as atividades que venha a realizar como: saltar, correr, arremessar, chutar, equilibrar-se, escrever, pinçar entre outras. Na escola, a educação motora influenciará no aprimoramento do desenvolvimento das crianças que possuam algum tipo de dificuldade seja ela motora ou cognitiva. O que nos permite considerar que o acompanhamento das capacidades motoras e cognitivas dos alunos constitui-se em uma prática preventiva para todos os profissionais envolvidos na educação desses indivíduos. Partindo desse pressuposto podemos afirmar que a avaliação motora deve ser uma rotina dentro do ambiente escolar para que, possa via a proporcionar um melhor acompanhamento e facilitando os diagnósticos mais aprofundados dos casos a serem descobertos.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7267
Other Identifiers: 20172001286
Appears in Collections:Especialização em Psicomotricidade Clínica e Escolar



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.