Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7193
Title: Avaliação da rugosidade e dureza de resinas compostas submetidas a diferentes técnicas de finalização, acabamento e polimento
Authors: Paiva, Vitor Nobre de
Keywords: resinas compostas;materiais dentários;polimento dentário
Issue Date: 22-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PAIVA, Vitor Nobre de. Avaliação da rugosidade e dureza de resinas compostas submetidas a diferentes técnicas de finalização, acabamento e polimento. 2017. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: INTRODUÇÃO: As resinas compostas vêm sendo amplamente utilizadas na Odontologia, e a etapa de finalização, acabamento e polimento é um dos fatores envolvidos na longevidade e na qualidade estética das mesmas. OBJETIVO: Avaliar a rugosidade e dureza de resinas compostas submetidas a diferentes métodos de finalização, acabamento e polimento. METODOLOGIA: Foram confeccionados 100 corpos de prova medindo 8mm x 2mm, sendo 50 corpos de prova para cada um dos dois tipos de resina, microhíbrida (FiltekTM Z250XT, 3M ESPE, St. Paul, MN, EUA) e nanoparticulada (FiltekTM Z350XT, 3M ESPE, St. Paul, MN, EUA), as quais foram subdivididas em 05 grupos, sendo eles: C (controle): tira de poliéster, PL: pincel limpo com álcool e seco, PA: pincel limpo com álcool e seco e umedecido com adesivo, PE: pontas Enhance e SL: espirais Sof-Lex. Após a confecção, os corpos de prova foram identificados e armazenados em recipientes contendo água deionizada por 24 horas. A rugosidade e dureza foram testadas através de um rugosímetro de precisão e um microdurômetro, respectivamente. Os dados foram submetidos à Analise de Variância 2-fatores, e ao Teste de Tukey ao nível de significância de 5%. RESULTADOS: Quanto à rugosidade, houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos C e PE com os grupos PL, PA e SL para ambos os tipos de resina, além de não haver diferença estatisticamente significativa entre os diferentes tipos de Resina Composta. Em relação à microdureza, para o fator tipo de Resina Composta não houve diferença estatística significativa, já o fator técnica para finalização, acabamento e polimento houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos C com os grupos PL, PA, PE e SL para ambos os tipos de resina. CONCLUSÃO: Em relação aos tipos de resina, não houve diferença entre ambos materiais utilizados, tanto na rugosidade quanto na microdureza. No fator tipo de finalização, acabamento e polimento, os grupos SL, PL e PA obtiveram melhor desempenho para ambas as resinas na rugosidade, e na microdureza, o grupo C apresentou menor valor nos dois tipos de resinas estudados.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7193
Other Identifiers: 2012956567
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2017.2] Avaliação da rugosidade e dureza de resinas compostas.pdfTrabalho de conclusão de curso - odontologia 2017.2989 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.