Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7181
Title: Perda dentária e dentição funcional em adultos brasileiros: análise dos inquéritos nacionais de saúde bucal
Authors: Soares, Izabel Cristina dos Santos
Keywords: Perda dentária;Fatores socioeconômicos;Inquéritos de Saúde Bucal
Issue Date: 22-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOARES, Izabel Cristina dos Santos. Perda dentária e dentição funcional em adultos brasileiros: análise dos inquéritos nacionais de saúde bucal. 2017. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O objetivo deste estudo foi investigar a associação entre perda dentária, unidades oclusais e dentição funcional com condições sociodemográficas e serviços odontológicos em adultos brasileiros. Foram analisados dados de 23.209 adultos com idade entre 35 a 44 anos participantes das Pesquisas Nacionais de Saúde Bucal (SB Brasil) 2003 e 2010. As médias de dentes perdidos e unidades oclusais, a prevalência de dentição funcional (<20 dentes naturais) foram estimados para cada variável independente. A modelagem de regressão de Poisson para perda dentária, unidades oclusais e ausência de dentição funcional foram realizadas para identificar associação com fatores socioeconômicos, aracterísticas demográficas e dos serviços odontológicos associadas a cada desfecho. A média de dentes perdidos nas mulheres diminuíram de 12,71 em 2003 para 7,27 em 2010. As piores médias para as unidades oclusais, em ambas as pesquisas, foram da região Norte 2,88 (95% IC 2,38-3,38) e 3,49 (IC 95% 3,14-3,84). A prevalência de dentição funcional foi estimada em 63,2% e 77,09% em 2003 e 2010. Em geral, para ambos os levantamentos, homens, cor de pele autorreferida branca, residentes da região Sudeste, detentores de renda familiar mais alta e nível de escolaridade, que tiveram a última consulta odontológica em menos de um ano e os usuários de planos de saúde foram menos afetados pelas perdas dentárias, além de apresentarem melhores médias para unidades oclusais e maior prevalência de dentição funcional. A semelhança dos resultados analisados evidencia desigualdades na saúde bucal, que persistiram em ambas as pesquisas.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7181
Other Identifiers: 2013068062
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2017.2] Perda dentária e dentição funcional em adultos brasileiros análise dos inquéritos nacionais de saúde bucal..pdfTrabalho de conclusão de curso - odontologia 2017.2923.63 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.