Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7139
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAraújo, Jacyene Melo de Oliveira-
dc.contributor.authorJácome, Paloma da Silva-
dc.date.accessioned2018-08-17T15:17:37Z-
dc.date.available2018-08-17T15:17:37Z-
dc.date.issued2018-07-05-
dc.identifier2013031231pr_BR
dc.identifier.citationJÁCOME, Paloma da Silva. Criança e infância: uma construção histórica. 2018. 46 f. TCC (Graduação) - Curso de Pedagogia, Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7139-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectInfânciapr_BR
dc.subjectcriança e Educação Infantilpr_BR
dc.titleCriança e infância: uma construção históricapr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.advisor-co1Mendes, Sarah de Limapr_BR
dc.contributor.referees1Araújo, Jacyene Melo de Oliveira-
dc.contributor.referees2Ramalho, Ivone Priscilla de Castro-
dc.description.resumoO presente trabalho orienta-se na perspectiva da História social da infância e da criança, cujo tema entrelaçasse entre criança, infância e políticas públicas, apontando as concepções históricas da criança e suas infâncias. A preocupação com esse assunto surge da necessidade de investigar a origem dos conceitos levando em conta o contexto produção e suas relações sociais, históricas, culturais, políticas e econômicas, correlacionando com as políticas de assistência e educação à infância brasileira. Sendo assim, temos como finalidade, analisar as diferentes concepções de criança presentes nas políticas públicas brasileira para a infância, com base nas Leis de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Para atingir os objetivos do estudo, foram realizadas leituras exploratórias, seletivas, analíticas e interpretativas de textos e documentos. Assim, utilizamos de uma pesquisa de cunho bibliográfico alicerçados nos estudos sobre a infância: Ariès (1981), Heywood (2004), Kuhlmann. Jr (2004), Sarmento (2007), e Kramer com o estudo sobre as políticas educacionais. E como aporte documental, na analisamos a Constituição Federal (Brasil,1988), Estatuto da Criança e Adolescente (ECA,1990), Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB 4024/61, 9394/96), Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (RCNEI, 1998, 2002) e Diretrizes Curriculares para a Educação Infantil (DCNEI,2009,2010). Concluindo assim, que a interpretação que a sociedade faz sobre a concepção que se há da criança e infância, contribui para a formulação de políticas públicas educacionais, permitindo compreender a inserção da Educação Infantil no sistema educacional brasileiro.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentPedagogiapr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Mendes, Sarah de Lima-
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
criançaInfanciaContruc_Monografia_2018.pdf882,95 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.