Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7136
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVitullo, Nadia Aurora Vanti-
dc.contributor.authorMartins, Jéssica Souza-
dc.date.accessioned2018-08-16T22:22:15Z-
dc.date.available2018-08-16T22:22:15Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier2014045250pr_BR
dc.identifier.citationMARTINS, Jéssica Souza. A Revista Brasileira de História da Educação e a comunicação científica. 2018. 63f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia), Departamento de Ciência da informação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7136-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectComunicação científicapr_BR
dc.subjectHistória da educaçãopr_BR
dc.subjectBibliometriapr_BR
dc.subjectLei de Lotkapr_BR
dc.subjectRevista Brasileira da História da Educaçãopr_BR
dc.titleA Revista Brasileira de História da Educação e a comunicação científicapr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Vitullo, Nadia Aurora Vanti-
dc.contributor.referees2Medeiros Neta, Olivia Morais de-
dc.description.resumoO estudo da produção científica da História da Educação permite apresentar uma visão geral sobre a configuração deste campo de estudo, sendo possível, a partir da Lei de Lotka, detectar a produtividade dos autores, além das contribuições das regiões, instituições, tipos de publicações, forma de publicação e as temáticas mais desenvolvidas. Objetiva-se investigar a comunicação científica da área da Educação, particularmente da História da Educação, por meio dos trabalhos disponíveis na Revista Brasileira da História da Educação (RBHE). A metodologia para a realização da pesquisa se deu pela coleta de informações das 482 publicações, com o suporte dos fundamentos da análise documental de Bardin (2010), além da utilização dos princípios estáticos de Bussab e Morettin (2013, 2008) e do uso dos apontamentos de Lotka (1926). O resultado das análises indica que a produção nacional representa mais de 80% do corpus da revista, além da contribuição única por autor, que é mais de 20% acima do estipulado pela Lei de Lotka. Conclui-se que a revista demonstra uma grande dispersão entre as contribuições individuais e em coautoria, sejam elas nacionais ou estrangeiras, além de divergir do pressuposto por Lotka. Também é possível detectar temáticas principais, como “educação”, “história” e “ensino”.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentBiblioteconomiapr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Gallotti, Monica Marques Carvalho-
Appears in Collections:Biblioteconomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A Revista Brasileira_Martins_2018.pdfMonografia em Biblioteconomia2.25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.