Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7088
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAzevedo, Isabelita Duarte-
dc.contributor.authorPinto, Fernanda Freitas Pereira-
dc.date.accessioned2018-08-09T13:30:53Z-
dc.date.available2018-08-09T13:30:53Z-
dc.date.issued2017-11-22-
dc.identifier2013068948pr_BR
dc.identifier.citationPINTO, Fernanda Freitas Pereira. Reabilitação de paciente pós-traumatismo dentário em uma abordagem multidisciplinar – relato de caso clínico. 2017. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7088-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectTraumatismo Dentáriopr_BR
dc.subjectProtocolopr_BR
dc.subjectTratamentopr_BR
dc.titleReabilitação de paciente pós-traumatismo dentário em uma abordagem multidisciplinar – relato de caso clínicopr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1AZEVEDO, Isabelita Duarte-
dc.contributor.referees2CALDAS, Sergei Godeiro Fernandes Rabelo-
dc.description.resumoRESUMO A Organização Mundial de Saúde considera o traumatismo dental um sério problema de saúde pública, podendo ocasionar alterações estéticas, funcionais e/ou sociais. Na luxação intrusiva o dente é axialmente deslocado para o interior do alvéolo e quando acomete o dente decíduo, pode resultar em diversas sequelas no sucessor permanente, podendo se manifestar como hipoplasia, impacção, dilaceração, dentre outras. A depender da sequela, diversas opções de tratamento são propostas a fim de buscar a reabilitação completa do paciente. Para tal, foi realizada a descrição do caso clínico do menor R.B.C., de 10 anos de idade, vítima de traumatismo dentário característico de luxação intrusiva no elemento 61 aos 2 anos de idade, gerando como sequela ao permanente (21) uma impacção parcial, além de um mal posicionamento, ocasionando prejuízos funcionais, estéticos e emocionais. Como conduta, foi realizada a exposição cirúrgica do elemento, e após realizada uma disjunção palatina, o elemento dentário foi reposicionado através de um tracionamento ortodôntico com a utilização de um botão na face palatina do elemento 21 acoplado a um cantilever, o qual partia do próprio aparelho (HAAS), através de uma ancoragem, permitindo a extrusão de forma adequada, evitando efeitos colaterais aos demais elementos. Promovendo, desta forma, uma recuperação estética e funcional do paciente, restaurando sua auto-estima.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentOdontologiapr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3BRITO, Kathia Maria Fonseca de-
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2017.2] Reabilitação de paciente pós-traumatismo dentário em uma abordagem multidisciplinar – relato de caso clínico.pdfTrabalho de conclusão de curso - odontologia 2017.21.19 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.