Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7078
Title: Produção do conhecimento como uma teia: relatos de uma experiência sobre educação ambiental e artística na escola
Authors: Paz, Francisco de Assis de Souza
Keywords: Educação Ambiental;Transdisciplinaridade;Prática Docente
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PAZ, Francisco de Assis de Souza. Produção do conhecimento como uma teia: relatos de uma experiência sobre educação ambiental e artística na escola. 2018. 28 f. TCC (Graduação) - Curso de Pedagogia, Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O presente artigo tem como objetivo principal discutir sobre a importância de conceber-se o planejamento numa perspectiva transdisciplinar a partir dos relatos de uma experiência no estágio curricular não obrigatório do curso de pedagogia presencial da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, na qual englobou a educação artística e ambiental numa tentativa de estabelecer o diálogo entre estas duas áreas do conhecimento, tendo como principais interlocutores os seguintes autores: Capra (2006); Guenther (2000); Morin (2001). O interesse por este estudo surgiu a partir das discussões das disciplinas cursadas em pedagogia e, sobretudo, a partir da referida experiência no estágio, em que se pôde problematizar e refletir criticamente sobre a prática docente. Esta experiência consistiu em trabalhar em conjunto arte e natureza com uma turma do 5º ano do ensino fundamental. No desenvolvimento do trabalho, os procedimentos metodológicos constituem-se basicamente em revisões de literatura e pesquisa-ação colaborativa, pelo fato de poder ter trabalhado em conjunto com a professora regente em toda estrutura da pesquisa. Nas considerações finais, evidenciou-se a importância de se conceber um planejamento transdisciplinar, onde o educador é constantemente desafiado a trabalhar com temáticas que perpassem as diversas áreas do conhecimento. Nesse sentido, considera-se que as experiências vivenciadas durante o estágio curricular não obrigatório foram significativas, pois intentaram, de certa forma, ensaiar uma ruptura com a fragmentação entre as disciplinas, além de enxergar a natureza e seus fenômenos de uma maneira mais sistêmica.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7078
Other Identifiers: 2014098208
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Producaodoconhecimento_Monografia_2018.pdfArtigo científico 320.06 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.