Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7037
Title: O serviço social na educação: desafios e perspectivas do trabalho profissional
Authors: Oliveira, Rejane Nascimento de
Keywords: Educação;Serviço social;Direitos sociais
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Rejane Nascimento de. O serviço social na educação: desafios e perspectivas do trabalho profissional. 2012. 67f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: Neste trabalho realizamos uma breve discussão sobre o Serviço Social e a educação, problematizando, especialmente, os desafios e as perspectivas do trabalho profissional nessa área. A pesquisa realizada é de caráter qualitativo e o estudo foi composto de pesquisa bibliográfica com o aporte teórico de autores que tratam sobre o tema. Nesse sentido, analisamos as mudanças que ocorreram na política econômica, sobretudo a partir da década de 1990. Transformações essas que trouxeram graves inflexões nas políticas sociais públicas. O avanço das políticas neoliberais na realidade brasileira rebateu de modo regressivo nos direitos sociais fundamentais de amplas parcelas da população, incluindo no rol de precariedade, a política educacional. Esta política, entre nós, sempre esteve articulada com os interesses e os desígnios das classes dominantes, detentoras dos poderes políticos, econômicos e sociais, tornando perceptível que a educação vigente é a educação que o Estado quer oferecer com o propósito de dar continuidade a manutenção da ordem social e o controle absoluto por parte das classes dominantes. O aprofundamento da intervenção dos organismos internacionais nas políticas públicas, especialmente as de cunho educacional, tem se constituído como um dos aspectos mais ilustrativos da capitulação no nosso país aos interesses do capital internacional. A título de exemplo: o Banco Mundial que aponta diretrizes para uma reforma educacional nos países em desenvolvimento. Dentre as principais diretrizes destacam-se a priorização do ensino fundamental; o desenvolvimento de processos de gestão voltados para a qualidade e eficiência da educação; e os incentivos a expansão do setor privado e dos organismos não-governamentais como co-participantes dos processos educativos e das decisões que lhes afetam. Assim procuramos refletir sobre a qualidade dos serviços públicos de educação em nosso país, e nessa esteira de análise situamos a atuação de profissionais da área da educação, particularizando, aqui, a intervenção profissional do Assistente Social no Sistema Educacional brasileiro. Mesmo tendo uma grande relevância para o processo de qualificação dos serviços e garantia de direitos na área social, a prática profissional de profissionais como o assistente social ainda é pouco reconhecida no cenário da Educação. Entretanto, a escola vem se tornando um cenário fundamental para o desenvolvimento do trabalho do assistente social, uma vez que consiste um espaço de materialização de direitos sociais, pois preconiza e garante a gestão democrática, reconhecendo o potencial e a necessidade de viabilizar diferentes formas de participação da comunidade, em seu processo de organização e de funcionamento.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7037
Other Identifiers: 2008016943
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RejaneNO_Monografia.pdfMonografia em Serviço Social355.23 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.