Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/7035
Title: As condições de vida e sanitárias dos usuários pós–transplantados renais do Hospital Universitário Onofre Lopes
Authors: Ferreira, Maria Marlene de Figueiredo
Keywords: Determinantes sociais da saúde;Usuários pós–transplantados renais;Condições de vida e sanitárias
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERREIRA, Maria Marlene de Figueiredo. As condições de vida e sanitárias dos usuários pós–transplantados renais do Hospital Universitário Onofre Lopes. 2012. 86f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social), Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: O presente trabalho versa sobre as condições de vida e sanitárias dos usuários pós–transplantados renais do Hospital Universitário Onofre Lopes, a fim de dar visibilidade dos determinantes sociais da saúde. Tendo por objetivo analisar suas condições de vida e sanitárias e de que forma os determinantes sociais da saúde influenciam no processo de recuperação dos mesmos. Para tanto, realizou-se uma pesquisa qualitativa com 15 usuários pós – transplantados que realizaram o transplante no período do final de 2011 e inicio de 2012, por meio da técnica de coleta de dados, utilizando entrevista do tipo semiestruturada. A contextualização do tema passa pelos principaismarcos históricos da política de saúde brasileira, enfatizando-se o movimento pela Reforma Sanitária com sua proposta de reorientação do modelo de atenção a saúde, defendendo uma nova concepção de saúde em que os determinantes sociais tem participação significativa no processo saúde- doença. O tema é de grande relevância social e para o Serviço Social, na medida em que as doenças renais têm aumentado significativamente no Brasil, havendo consenso quanto a sua clara relação com os determinantes sociais. Assim,cabe ao profissional de Serviço Social que tem a saúde como um dos seus espaços sóciocupacionais realizar estudos que apresentam a determinação social das doenças. Os dados apontam que parte significativa daqueles vivem em condições de vida adversas, apresentando baixa escolaridade, renda familiar mínima em contrapartida de um número elevado de pessoas residindo com os mesmos, não acesso a alguns serviços básicos de saneamento, entre outros. Evidenciando-se assim a interferência destes determinantes no processo de recuperação dos mesmos.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7035
Other Identifiers: 2009026942
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaMFF_Monografia.pdfMonografia em Serviço Social670.97 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.