Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6938
Title: O brincar e a Educação Infantil: um estudo a partir da perspectiva Histórico - Cultural
Authors: Dantas, Iara Layse
Keywords: Brincar. Aprendizagem. Educação Infantil.
Issue Date: 26-Jun-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DANTAS, Iara Layse. O brincar e a Educação Infantil: um estudo a partir da perspectiva Histórico - Cultural. 2018. 96 f. Monografia (Graduação) - Departamento de Educação, Centro de Ensino Superior do Seridó -Ceres/Caicó, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2018.
Portuguese Abstract: O Brincar, juntamente com todas as suas características e peculiaridades, é um tema muito debatido hoje em dia e por isso vem conquistando maiores destaques tanto na literatura como em diversos estudos e pesquisas. Este trabalho apresenta uma discussão a respeito do brincar e suas contribuições para o desenvolvimento de aprendizagens das crianças na Educação Infantil. Desse modo, tem como objetivo analisar a importância do brincar como mediador do desenvolvimento da criança no processo de ensino e aprendizagem na Educação Infantil. Para alcançar esse propósito, foi realizada investigação teórica através de análise bibliográfica das concepções teóricas de Vygotsky (2000; 2007; 2010) sobre aprendizagem e desenvolvimento; Zona de Desenvolvimento Proximal; a relação entre a criança, seu cotidiano e o brinquedo; Brougère (2010; 2013) e Walter Benjamin (1984), que teorizam sobre a relação entre a cultura lúdica e a cultura infantil. E, pesquisa empírica em uma instituição pública de Educação Infantil - em duas turmas de Nível IV da referida etapa e suas respectivas professoras. A base teórico-metodológica teve como aporte as contribuições da abordagem histórico-cultural de Vygotsky e do dialogismo de M. Bakhtin sobre a pesquisa nas ciências humanas, bem como seus postulados sobre os processos de aprendizagem e desenvolvimento, concebidos como essencialmente sociais e discursivos. A abordagem investigativa está inserida nos princípios da perspectiva qualitativa e envolveu, como procedimentos para construção e análise de dados observações, intervenções e entrevistas. Os resultados construídos a partir da pesquisa apontam que o brincar cria ZDP transformando o potencial em real, e a interação/sociointeração e mediação ocorridas por meio dele propicia diferentes estímulos que refletem no desenvolvimento da cognição, interação com o outro, imaginação - aspectos que servirão de base para constituição de aprendizagens diversas e para ações futuras das crianças. Por outro lado, percebeu-se que apesar de haver, esporadicamente, a utilização do brincar no contexto da Educação Infantil – ele tem sido marginalizado em detrimento de outras atividades conteudistas. De uma forma geral, esse trabalho apresenta-se como significativo para futuros pesquisadores que estudarão a temática em foco, bem como para docentes que estão atuando na Educação Infantil.
Abstract: Brincar, along with all its characteristics and peculiarities, is a subject much debated nowadays and for this reason it has been gaining greater highlights in the literature as well as in several studies and researches. This paper presents a discussion about playing and its contributions to the development of children's learning in Early Childhood Education. Thus, it aims to analyze the importance of play as mediator of child development in the teaching and learning process in Early Childhood Education. To achieve this purpose, theoretical research was carried out through a bibliographical analysis of Vygotsky's theoretical conceptions (2000; 2007; 2010) on learning and development; Proximal Development Zone; the relationship between the child, his daily life and the toy; Brougère (2010, 2013) and Walter Benjamin (1984), who theorize about the relationship between play culture and children's culture. And, empirical research in a public institution of Early Childhood Education - in two classes of Level IV of that stage and their respective teachers. The theoretical-methodological basis was supported by the contributions of Vygotsky's historical-cultural approach and the dialogism of M. Bakhtin on research in the human sciences, as well as his postulates on the processes of learning and development, conceived as essentially social and discursive. The investigative approach is embedded in the principles of the qualitative perspective and involved observations, interventions and interviews as procedures for constructing and analyzing data. The results built from the research point out that play creates ZDP transforming the potential into real, and the interaction / sociointeraction and mediation that occurs through it provides different stimuli that reflect in the development of cognition, interaction with the other, imagination - aspects that will serve basic for the constitution of diverse learning and for the future actions of the children. On the other hand, it has been noticed that although there is sporadically the use of play in the context of Early Childhood Education - it has been marginalized to the detriment of other content activities. In general, this work is significant for future researchers who will study the subject in focus, as well as for teachers who are working in Early Childhood Education.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6938
Other Identifiers: 2014034597
Appears in Collections:CERES - Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
brincarEducaçãoInfantil_Dantas_2018.pdfMonografia2.22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.