Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6916
Title: Caracterização física e avaliação temporal do uso e ocupação do solo da zona ripária de um manancial de abastecimento
Authors: Miguel, Sâmella Tassilla Victor
Keywords: : Ocupação antrópica. Erosão. Metais. Toxidade.
Issue Date: 13-Jul-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: Miguel, Sâmella Tassilla Victor. Caracterização física e avaliação temporal do uso e ocupação do solo da zona ripária de um manancial de abastecimento. Monografia (graduação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Tecnologia, Curso de Engenharia Ambiental. Natal, RN, 2018. 28 f.
Portuguese Abstract: O uso e ocupação do solo sem planejamento tem sido um problema da atualidade. A ocupação antrópica pela agricultura, pastagem, urbano, entre outro, na zona ripária pode causar degradação do solo, influenciando a qualidade da água do corpo aquático. A Lagoa de Extremoz, é um manancial de abastecimento humano que possui a zona ripária ocupada por diversos usos antrópicos. Estudos tem apontado que a lagoa vem sofrendo enriquecimento por metais pesados tanto na água quanto no sedimento, causando a toxidade do ambiente e provocando prejuízo á biota aquática bentônica. O sensoriamento remoto associando ao processamento digital tem sido uma ferramenta importante na identificação do uso e ocupação. O método da classificação supervisionada permite que o analista reconheça as classes de uso e a classificação é realizada por algoritmos a partir de amostra de treinamento. Sendo assim, esse trabalho tem a proposta de caracterizar fisicamente a área de zona ripária desse manancial, avaliar a alteração temporal no uso e ocupação do solo o que auxiliará o entendimento a respeito da dinâmica desse ecossistema. Os usos identificados na zona ripária foi a mata nativa, área residencial e solo exposto que abrange a pecuária, agriculta, industrial e solo descoberto. Os resultados apontaram para degradação do solo nas zonas antrópicas ocasionando maior susceptibilidade a erosão do solo, e consequentemente contaminação da água por metais pesados provenientes das industrias presentes em torno da lagoa.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6916
Other Identifiers: 20160152896
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC2_Sâmella_final_corrigida.pdf991.17 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.